segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Base política de Rodolfo Landim pede saída imediata de Renato Gaúcho do Flamengo




Torcedores.com: Antes de mais nada, a derrota por 2 a 1 para o Palmeiras, neste sábado, que culminou no vice-campeonato da Copa Libertadores da América ainda repercute no Flamengo. Em outras palavras, o técnico Renato Gaúcho não tem escapado das críticas pelo resultado negativo no Uruguai.



O Torcedores.com apurou que sua base política de Rodolfo Landim, formada por grandes “caciques” rubro-negros, pediu a demissão do treinador e uma reformulação no elenco para 2022. De acordo com conselheiros, a derrota  foi uma ‘vergonha’ e mostrou que Renato ‘não tem peso para dirigir um grande clube como o Flamengo’.

Além disso, dirigentes ligados a Rodolfo Landim pede também a demissão do chefe do departamento médico Márcio Tanure. O vice de futebol Marcos Braz e o diretor executivo Bruno Spindel, por sua vez, também são cobrados por falhas no planejamento.



O grupo pede também que sejam retirados jogadores que pouco acrescentaram tecnicamente ao time neste ano. Nesse meio tempo, nomes como Rodinei, Léo Pereira, Bruno Viana, Renê e Piris da Motta foram apontados como símbolos do fracasso do time no ano.

Ainda segundo apurou a reportagem, os “caciques” cobram a contratação de jogadores mais qualificados. E, por último, a formação de uma comissão técnica que esteja à altura das pretensões do Flamengo para 2022.



Cabe lembrar que esta não é a primeira vez que o grupo pede mudanças no comando da equipe. Em julho, o grupo de rubro-negros ilustres exerceu forte pressão para a demissão de Rogério Ceni, assim como criticou as últimas decisões de Renato Gaúcho.

No primeiro caso, o treinador deixou o clube após crise interna com membros do departamento de futebol. Já no segundo caso, o desligamento do comandante é apenas uma questão de tempo.



Flamengo deve ter técnico interino

O Flamengo volta a campo na próxima terça-feira contra o Ceará, às 20h, no Maracanã, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar da vitória do Atlético-MG por 2 a 1 sobre o Fluminense, o time rubro-negro ainda tem chances matemáticas de ser campeão.

Apesar disso, Renato Gaúcho dificilmente estará à beira do campo. Afinal, não há mais clima para ele seguir no clube. Dessa forma, Maurício Souza, integrante da comissão técnica permanente, irá comandar interinamente na reta final do Brasileirão. 


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário