segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Flamengo vai iniciar reformulação para a próxima temporada e planeja a saída de sete jogadores




Torcedores.com: Para quem comanda o departamento de futebol do Flamengo, 2022 é logo ali. O clube, através do vice-presidente e de futebol Marcos Braz e do diretor executivo Bruno Spindel, entende que alguns jogadores estão desgastados com a torcida. E, por isso, planeja uma reformulação.



O Torcedores.com apurou que o grupo formado ao longo das últimas três temporadas, terá o perfil analisado caso Rodolfo Landim seja reeleito para comandar o Flamengo no triênio 2022-2023-2024. Porém, há o entendimento no clube que é necessário colocar alguns atletas no mercado.

Ainda segundo apurou a reportagem, o comportamento e o comprometimento precisa ser revisto para a próxima temporada. Afinal, não precisa estar desde o início da atual gestão para ser alvo críticas.



Rodinei, Renê e Piris da Motta, que chegaram ao clube através do ex-presidente Eduardo Bandeira de Mello, são considerados grandes decepções. Por outro lado, Bruno Viana não rendeu o esperado. Enquanto, Léo Pereira é cobrado por sua postura dentro e fora de campo.

César não terá o contrato renovado. Ele foi, inclusive, liberado pela diretoria para procurar um novo clube. No entanto, faltam interessados no goleiro. Vitor Gabriel, por sua vez, será emprestado para ganhar experiência.



A lista de jogadores fora dos planos do Flamengo começa a ganhar corpo e a lista pode receber outros nomes. O atacante Vitinho, que alterna bons e maus momentos desde que foi contratado, deve ser negociado caso receba uma proposta.

Gustavo Henrique, que chegou sem custos no Flamengo, também não deu certo até agora e não agradou a torcida em nenhum dos jogos que fez. Sua permanência é improvável. Afinal, os dirigentes procuram um novo clube para o defensor.



Geração 85 também é questionada

Representantes de um Flamengo comprometido e vitorioso, o goleiro Diego Alves, o lateral-esquerdo Filipe Luís e o meia Diego Ribas, dividem opiniões no clube. O discurso com respostas prontas, frases de feito e pouco futebol vem gerando questionamento.

Nos bastidores, existem dirigentes que são contra a manutenção deles para a próxima temporada. O trio tem um acerto verbal com a diretoria para a extensão do vínculo até o fim de 2022. Entretanto, os contratos ainda não foram assinados. 


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Talita Giudice / Super Rádio Tupi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário