quinta-feira, 12 de agosto de 2021

Técnico do Olimpia ataca o VAR, se irrita e abandona coletiva após derrota para o Flamengo




ESPN: O Flamengo dominou e goleou o Olimpia por 4 a 1 nesta quarta-feira (11), no Paraguai, no duelo de ida das quartas de final da Conmebol Libertadores. Arrascaeta, Gabigol, duas vezes, e Vitinho fizeram para o Rubro-Negro. Torres diminuiu para os paraguaios.



Técnico do time paraguaio, Sergio Orteman saiu irritado com a goleada sofrida e abandou até a coletiva de imprensa sem responder uma única pergunta, fazendo apenas um pronunciamento sobre o VAR.

"Aconteceu com o Boca, aconteceu com o Cerro Porteño", começou Orteman, se referindo às polêmicas do VAR nos duelos de Atlético-MG e Fluminense, respectivamente, nas oitavas de final.



"É difícil analisar o jogo. Difícil falar do futebol com a vergonha que o VAR passou hoje. O presidente da arbitragem precisa analisa sua nefasta atuação", completou.

Aos 7 minutos do segundo tempo, o VAR entrou em ação e mudou situações capitais na partida. Primeiro, Filipe Luís fez falta em Sosa, recebeu o segundo amarelo e, consequentemente, o vermelho.



No entanto, o árbitro de vídeo chamou Fernando Rapallini por conta de uma possibilidade de pênalti para o Rubro-Negro no início do lance. O juíz reviu a jogada, assinalou penalidade em cima de Arrascaeta e corretamente retirou a expulsão de Filipe Luís. Na cobrança, Gabigol deslocou o goleiro do Olimpia e fez o segundo gol do Fla.

DO NF: É meus amigos, igual como é aqui, lá fora também o VAR não pode corrigir lance a favor do Flamengo, a choradeira é geral.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário