quinta-feira, 12 de agosto de 2021

Vitória do Flamengo contra o Olimpia repercute na imprensa argentina




ESPN: A atuação de Gabigol no jogo de ida das quartas de final da Conmebol Libertadores e os 4 a 1 do Flamengo em cima do Olimpia , no Paraguai, também repercutiram na imprensa argentina.


O jornal Olé reconheceu a superioridade da equipe brasileira com destaque para a atuação de Gabigol, mas afirmou que a vitória foi manchada pela lesão de Salazar, que saiu de ambulância, e, principalmente, pelo pênalti que o árbitro argentino Fernando Rapallini marcou após revisão no VAR.

Os dois lances citados pelo Olé aconteceram na etapa inicial. O primeiro foi a lesão do lateral Salazar após Arrascaeta bater com o braço em seu rosto. Entre o atendimento médico no gramado, a entrada da ambulância e substituição, foram 11 minutos de paralização.



Depois, já no fim do primeiro tempo, o lance que resultou no segundo gol do time brasileiro. Filipe Luís fez falta por trás em Sosa, recebeu o segundo cartão amarelo e seria expulso. Porém, após análise do VAR, a arbitragem assinalou pênalti em Arrascaeta no início da jogada, anulando corretamente o cartão dado ao lateral rubro-negro e marcando o pênalti que Gabigol converteu.

Apesar das críticas contra a arbitragem o texto faz elogios à atuação de Gabigol. Autor de dois dos quatro gols do Flamengo, o atacante teve uma atuação “grandiosa” na visão dos argentinos.



- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário