sábado, 29 de maio de 2021

Fisioterapeuta do Flamengo destrincha recuperação e faz alerta sobre retorno de desempenho de Thiago Maia




Ao longo dos últimos anos, o Flamengo montou um elenco extremamente qualificado. Uma das principais peças contratadas, Thiago Maia se lesionou em novembro de 2020 e precisou operar o joelho esquerdo. Coordenador de fisioterapia do Rubro-Negro, Márcio Puglia explicou detalhadamente o processo de recuperação do volante.



Thiago Maia ainda está em processo de transição, mas se aproxima do retorno aos treinos com o grupo. Entretanto, em entrevista ao GE, Márcio Puglia demonstrou cautela sobre a volta do jogador aos jogos. O fisioterapeuta tem receio com o que se chama de ‘recidiva‘, uma espécie de recorrência de lesão após um longo período de tratamento, que costuma ocorrer em quase 30% dos problemas deste tipo.

— Thiago está na transição com a preparação física, já realizando alguns trabalhos com o grupo, mas com um controle de carga específico para ele. Algumas vezes inicia o trabalho com o grupo e depois faz o trabalho à parte. Esta é a última etapa antes de ele entrar com o grupo. Vai desenvolver valências físicas, como força, velocidade, potência, ações com a bola, imprevisibilidade. Este tempo vai depender da performance que ele vai ter e como vai estar nos nossos critérios para receber alta. Mas ele está muito bem dentro desta fase –, explicou o coordenador de fisioterapia do Flamengo.



O volante é visto internamente, pela comissão técnica, como um reforço para o elenco, por conta dos desfalques em julho – devido às convocação para a Copa América – e pela iminente saída de Gerson ao Olympique de Marselha, da França. A grave lesão no joelho, no entanto, precisará de tempo para ser 100% restabelecida. Embora possa voltar aos treinos com o grupo em junho, dificilmente o atleta terá condição de atuar de imediato.
 
— O pós-operatório dele foi muito bom, e isso facilitou no processo de reabilitação, porque não precisamos gastar tanto tempo em determinadas etapas. Ele evoluiu acima da média no ganho de massa muscular. Ele sempre esteve acima do padrão. É importante ter todos esses critérios de alta, todo esse passo a passo. Parece muito tempo, mas na verdade é um tempo bem acima da expectativa. o Thiago vem tendo resultados muito além do esperado, por toda a dedicação dele, porque também não é um processo fácil. É difícil lidar com isso. É uma construção feita ao longo dos meses -, afirmou Puglia.



— O que vai ser feito de forma gradativa é um incremento de carga semana a semana, para que ele possa chegar perto de atletas jogando e possa retornar ao jogo. Mesmo assim ele ainda se encontra em uma fase de reabilitação. O retorno ao jogo é uma das etapas, mas ainda tem que controlar a carga. Talvez ele possa voltar, não para jogar 90 minutos. O retorno ao desempenho é mais à frente. O atleta volta, mas vai precisar de mais um tempo para realmente retornar ao nível de desempenho que ele já teve na carreira dele. Normalmente leva de dois a três meses. É o que prevê a literatura científica –, explicou Puglia.

Embora o coordenador demonstre cautela, é consenso para todos o fato de Thiago Maia estar ‘acima da média‘ na reabilitação. Isso porque, inicialmente, o prazo seria de oito a dez meses, contando a partir da data da cirurgia, que foi feita em 03 de dezembro. O volante completará seis meses no próximo dia 03 e está próximo de entrar na quinta e última etapa de recuperação.

Vale lembrar que Thiago Maia pertence ao Lille, da França, e está no Flamengo por empréstimo. Ele tem contrato com o Rubro-Negro até junho de 2022. Caso os dirigentes cariocas queiram contratá-lo em definitivo, terão que desembolsar 7 milhões de euros (cerca de R$ 44,6 milhões na cotação atual) por 50% dos direitos econômicos do atleta. O volante disputou, ao todo, 29 partidas com a camisa do Mais Querido.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Fonte: https://colunadofla.com/2021/05/fisioterapeuta-do-flamengo-destrincha-recuperacao-e-faz-alerta-sobre-retorno-de-desempenho-de-thiago-maia/
Imagem: Alexandre Vidal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário