Marcos Braz quebra silêncio e crava que Flamengo não vai vender Pedro ao Palmeiras: 'Caso encerrado'




Espn: A “novela” envolvendo Palmeiras, Pedro e Flamengo parece ter chegado ao capítulo final nesta quarta-feira (9). De acordo com informações apuradas pelo ESPN.com.br, o Verdão estava disposto a desembolsar 20 milhões de euros (R$ 110,24 milhões) e mais um jogador reserva do elenco por 80% dos direitos de Pedro.



No entanto, em entrevista ao site Uol, Marcos Braz, vice-presidente de futebol do clube rubro-negro, tratou de colocar um ponto final na história e cravou que não está disposto a negociar o centroavante.

"O Flamengo não tem interesse no negócio. O Palmeiras fez uma consulta, mas o Pedro é caso encerrado. Não houve nem proposta oficial. Estamos pensando só na semifinal do Campeonato Carioca e no início da Conmebol Libertadores'', afirmou o dirigente.



Apesar do alto valor oferecido pelo rival, o Rubro-Negro entende que não seria inteligente reforçar um concorrente direto aos títulos no futebol brasileiro e sul-americano e por isso se recusa a vender por um valor abaixo da multa rescisória, que é de 100 milhões de euros (R$ 552 milhões).

De acordo com apuração da reportagem, o Palmeiras procura um camisa 9 e estipulou um teto de R$ 130 milhões no valor a ser gasto pelo novo reforço. Mas, ao mesmo tempo que a equipe se movimenta por um novo centroavante, existe o temor por um novo prejuízo para o clube no futuro.



Além de Pedro, o clube alviverde teve conversas nos últimos meses por Lucas Alario, do Bayer Leverkusen, Valentín Castellanos, do New York City FC, e João Pedro, brasileiro do Cagliari.

Conforme antecipado pelo ESPN.com.br, o Palmeiras vê como “período limite” a estreia na Conmebol Libertadores, que acontecerá em abril. Até lá, a tendência é que o clube intensifique as buscas e, enfim, consiga a contratação do novo reforço.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.