terça-feira, 28 de dezembro de 2021

Oficial! Benfica confirma saída de Jorge Jesus, que fica livre no mercado




Espn: Agora é oficial: Jorge Jesus não é mais treinador do Benfica. O português de 67 anos acertou, em comum acordo, sua rescisão de contrato com o clube nesta terça-feira (28), antecipando o fim de um projeto que ainda previa mais cinco meses de contrato, até maio de 2022. Com isso, o técnico está novamente livre para ouvir ofertas de outros clubes, inclusive do Brasil.



O Mister deixa o Estádio da Luz com 83 partidas à frente dos Encarnados, somando 53 vitórias, 16 empates, 14 derrotas e nenhum título conquistado em seu retorno.

A segunda passagem de Jorge Jesus no comando do Benfica começou em julho de 2020, logo após o estrondoso sucesso à frente do Flamengo. Mas o retorno à Luz não teve o brilho dos tempos de Rio de Janeiro.



Mesmo investindo em reforços de peso como o Darwin Núñez, Éverton Cebolinha e Luca Waldschmidt, três nomes que integram a lista das dez contratações mais caras da história do Benfica, o desempenho em campo passou longe do esperado.

Eliminado ainda na fase preliminar na Uefa Champions League e sem conseguir avançar pela Europa League, o técnico voltou as atenções às competições caseiras. E acabou colecionando insucesso em todas, perdendo o Campeonato Português para o Sporting, e fechando apenas na 3ª posição.



A atual temporada vem sendo de maior destaque dentro de campo para o Benfica, ainda mais pela histórica vaga às oitavas de final da Champions League, onde o time enfrentará o Ajax.

Mas as críticas seguem intensas pelo desempenho na liga nacional, com os Encarnados mais uma vez amargando o terceiro lugar na tabela. O estopim para o fim antecipado do trabalho, segundo relatos da imprensa portuguesa, é o relacionamento estremecido com os jogadores do elenco.



O treinador chegou a ter rusgas públicas com o zagueiro argentino Otamendi e foi criticado pelo brasileiro Pedrinho, que trocou o Benfica pelo Shakhtar Donetsk após apenas um ano em Portugal. A gota d’água teria sido o afastamento do meio-campista Pizzi após críticas ao time na derrota por 3 a 0 para o Porto, na eliminação da Taça de Portugal.

Outro fator que gerou desgaste interno foi um encontro do treinador com Marcos Braz e Bruno Spindel, dirigentes do Flamengo. O jantar aconteceu enquanto Jesus cumpria uma suspensão da federação portuguesa que o impedia de comandar o time à beira do campo.



Os cartolas rubro-negros, que encaminharam nos últimos dias um acerto com Paulo Sousa para comandar a equipe em 2022, admitiram certo incômodo ao dizerem que o técnico estava 'jogando com eles e com o Benfica'.

Veja a nota oficial do Benfica:

A Sport Lisboa e Benfica SAD agradece a Jorge Jesus todo o trabalho desenvolvido ao longo do último ano e meio e deseja-lhe as maiores felicidades para o futuro. Mais acrescenta que cumprirá com todas as obrigações contratuais até ao término do vínculo laboral existente ou até que Jorge Jesus e a sua equipa técnica assumam novo compromisso profissional.

Nélson Veríssimo assume hoje as funções de treinador da equipa principal do Benfica até ao final da temporada.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário