quinta-feira, 23 de dezembro de 2021

Jornalista revela conversa com pessoa próxima a Jorge Jesus e afirma: "Até o fim do ano, ele deve acertar com o Flamengo"




Uol: A quarta-feira (22) foi agitada no Flamengo. Pela manhã, o colunista do UOL Bruno Andrade afirmou que Jorge Jesus avisou aos dirigentes do Flamengo sobre sua intenção de voltar ao Brasil. Horas depois, em comunicado oficial, o Benfica negou o interesse do treinador em deixar o clube. O futuro do 'Mister', porém, continua em aberto. 



Na Live Especial do UOL Esporte - Retrospectiva do Futebol, os jornalistas Renato Maurício Prado, Marília Ruiz, Rodolfo Rodrigues e Vitor Guedes discutiram sobre a novela em torno do possível retorno do técnico Jorge Jesus ao Flamengo.

Renato conversou com uma fonte próxima a Jorge Jesus sobre o futuro do treinador. "A verdade nua e crua é uma só: a torcida e os dirigentes do Benfica não querem mais o Jorge Jesus. Ele por sua vez, está completamente desencantado com o Benfica. A cena do estádio da Luz inteiro girando lenços para ele em sinal de adeus foi uma pá de cal no ego do Jorge Jesus, que é um cara vaidoso. Ele não admitiu aquilo e está louco para vir embora e ir ao Flamengo. Só que tem a multa rescisória. É um jogo de xadrez. Essa fonte me garantiu que, até o final do ano, ele acerta com o Flamengo e sai do Benfica", afirmou.



Para o colunista do UOL, o técnico acenou, sim, com o desejo de voltar ao Flamengo, ao contrário do que afirma o Benfica. "Ninguém vai admitir que o Jorge Jesus, faltando dois jogos pela frente contra o Porto, ia dizer em on que ia deixar o Benfica e que tinha dado sinal verde para o Flamengo. Ele respondeu dizendo que a ideia dele era continuar e cumprir o contrato. Digo eu aqui: cascata. Jorge Jesus deu sinal verde para o Flamengo. Ele não fechou. Disse apenas que quer voltar e aceita voltar no fim do ano", comentou.

Renato explicou como o ambiente ruim no clube português contribui de forma decisiva para a intenção de Jorge Jesus querer mudar de ares. "Se ele perder esses dois jogos para o Porto, não há a menor condição de ele continuar. Vai ser demitido. O Jorge Jesus não está pensando nisso. Ele quer ganhar os dois jogos, porque quer ganhar dando um tapa com luva de pelica no Rui Costa, presidente do Benfica, que é notoriamente seu desafeto e não quer mais que ele continue. Só não demitiu ainda porque há uma multa rescisória. O Rui Costa está louco para o Flamengo chegar lá e dizer para liberar o Jorge Jesus", afirmou. 



Marília ressaltou que tanto Jesus como o Benfica se decepcionaram um com o outro. "Ele não repetiu no Benfica, com mais orçamento, nem sombra do que se esperava dele. Entendo que esteja desiludido com o Benfica, mas o clube também está desiludido com ele. O Flamengo não tem opção: é refém do Jesus, que também é refém do Flamengo. É uma história que terminou com reticências", apontou.

Vitão aposta que, caso o retorno de Jorge Jesus ao Flamengo seja confirmado, será bem-sucedido. "Vai dar certo. Em times de massa, como Corinthians, Flamengo e Atlético-MG, o campo depende do ambiente. O jogador sabe que, com Jesus na dividida, a torcida fica com Jesus. Não vai ter chinelo; todos vão correr. Mas é pouco provável que repita 2019, que foi uma coisa única", salientou. 



Rodrigues também considera difícil alcançar o desempenho de 2019, mas acha que o treinador tem condições de fazer o Flamengo evoluir e ter boas apresentações. "Conseguir acertar a casa de novo e fazer esse time render o que rendeu demora um pouco. Ele mostrou que é um treinador muito acima da média, pelo menos para os padrões do futebol nacional. Poderia conseguir muita coisa rapidamente pelo Flamengo, mas acho bem difícil repetir 2019", completou.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário