quinta-feira, 23 de dezembro de 2021

Fla embaralha cartas em Portugal e volta a ligar o secador contra Benfica




Por Leo Burlá | Uol: A passagem dos dirigentes do Flamengo por Portugal teve o efeito de um furacão no Benfica. Com os brasileiros de olho em Jorge Jesus, a presença do vice de futebol Marcos Braz e do diretor Bruno Spindel aumentou a pressão no Estádio da Luz e ampliou o racha entre o técnico e a direção do clube lisboeta.



Já era sabido que o técnico não é unanimidade entre os benfiquistas, mas a notícia da reunião entre o Fla e seu antigo comandante acirrou ainda mais os ânimos em Lisboa e expôs antigas feridas.

Irritado com o vazamento da informação, o Benfica negou que haja o interesse do Mister em voltar para o país, mas a estratégia dos portugueses visava jogar um balde de água fria no assunto.



Auxiliar do Mister, João de Deus também foi escalado para conter os estragos e garantiu que Jesus está com a cabeça em Portugal, embora tenha afirmado com todas as letras que houve, sim, uma reunião entre as partes.

"Em relação às notícias, tenho falado muito com o Mister e especificamente hoje mais ainda. Houve um encontro dele com os amigos do Flamengo e devidamente autorizado pelo Benfica e com o conhecimento do presidente Rui Costa. O Mister disse que não pode e nem quer neste momento abandonar o Benfica", disse o assistente.



O Fla entende que está sendo alvo de injustiça, visto que há muitas críticas quanto ao que foi chamado até de "circo". A busca dos rubro-negros por um novo treinador não se limita a JJ e o plano envolve a contratação de uma comissão técnica lusa. Os dirigentes do Flamengo, inclusive os que estão no Rio, estão incomodados com a ideia que está sendo fomentada na Europa de que os cariocas querem tumultuar. Eles sempre pontuam que o ex-presidente Luís Filipe Vieira veio ao Brasil com a mira apontada penas para Jesus, que foi seduzido pela ideia reconquistar seus compatriotas.

O jogo de cena, no entanto, passa por alguns fatos concretos. Cada vez mais desgastado no clube, Jesus terá um desafio dos grandes para reencontrar um pouco de paz. Hoje (23), os encarnados encaram o rival Porto, às 17h45, no Estádio do Dragão, pelas oitavas de final da Taça de Portugal. Com a vaga decidida em jogo único, uma vitória dos portistas poderia desencadear uma crise de difícil administração no Benfica. Na Liga dos Campeões, os rubro-negros torceram por uma eliminação vermelha na fase de grupos, mas a vitória contra o Dínamo de Kiev manteve os portugueses vivos.



O Flamengo sabe de todo o cenário que cerca o seu antigo treinador e entende que um revés pode ser um empurrão definitivo para a volta. No dia 30, os adversários voltam a se encontrar, mas dessa vez pelo Português. Apesar de tudo, o discurso segue o mesmo: o regresso é uma tarefa complexa, mas o encontro entre as partes era algo inevitável diante de todo o histórico de sucesso da parceria.

Cobiçado por um lado e com cada vez mais rejeição do outro, o treinador sabe que esta semana pode ser decisiva para seus próximos passos. Caso seja demitido, o Rubro-negro vê seu principal alvo livre no mercado e se livra de ter de pagar a multa rescisória de 6 milhões de euros (R$ 39 milhões) .



O Benfica, por sua vez, teria de arcar com a bolada e veria a sua temporada atingida em pleno curso. Mesmo que haja a convicção de que Jesus sairá do clube ao fim do seu contrato, em junho de 2022, uma mudança de comando agora pode ser fatal para os objetivos.

O Fla acompanha atentamente os fatos antes de saber em quais circunstâncias tentará recontratar o profissional. Pagar a totalidade da multa é algo descartado, mas haveria margem para negociação com o Benfica, que certamente não irá facilitar em nada a vida dos rubro-negros.

Após alguns dias na capital, a cúpula do Fla está em Braga e tem encontro marcado com Carlos Carvalhal , um dos que integram a lista de pré-candidatos ao cargo. A novela ainda promete ter muitos capítulos até um final feliz.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário