sexta-feira, 19 de novembro de 2021

Landim conta como Flamengo quis revolucionar calendário no Brasil e foi vetado pela CBF: 'A gente vai continuar tendo problema'




ESPN: Nesta quinta-feira (18), o presidente do Flamengo Rodolfo Landim conversou com os jornalistas na sede rubro-negra, na Gávea, Zona Sul do Rio de Janeiro. Durante a entrevista, o mandatário trouxe detalhes do que o clube tentou fazer para solucionar o calendário , iniciando a temporada em 15 de janeiro, já que o Brasileirão termina no dia 8 de dezembro. No entanto, o pedido acabou sendo vetado pela CBF , já que a final da Copa do Brasil , entre Atlético-MG e Athletico-PR , acontecerá nos dias 12 e 15 de dezembro .



"A reunião para discussão de calendário. Em dezembro, com o fim do Brasileirão, apenas duas estarão na temporada [final da Copa do Brasil]. A gente queria que iniciasse no dia 15 de janeiro, já que vamos ter 8 datas Fifa, para evitar esse impacto grande. São jogos no meio do ano, durante 14 dias uma série de amistosos, para a gente ter a paralisação do Campeonato para não impactar. Por mais que a gente tenha argumentar, a gente não conseguiu", afirmou Landim, que completou.

"A gente não conseguiu demover a CBF do início do Campeonato mais tarde. Acaba impactando. Inicia o Brasileiro mais tarde e não tem mais jeito [de arranjar datas]. Não tem espaço no calendário. Apesar da posição contrária do Flamengo, a gente vai tentar reduzir o impacto no Carioca. No Brasileiro não foi aprovado pela CBF. A gente vai continuar tendo problema se no Brasil não tiver paralisação como as ligas no mundo têm", explicou.



Para tentar solucionar as constantes convocações que desfalcam o clube em 2022 , Landim admitiu que conversa com a FERJ para uma antecipação do Carioca . Além disso, o Flamengo tentará que o Estadual pare quando houver convocação .

"O que a gente fez, junto com a FERJ, para que o Carioca a gente possa fazer isso. E três das datas onde teriam Data Fifa no início do ano para paralisar o Carioca e não impactar com perda de jogadores", finalizou.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário