segunda-feira, 15 de novembro de 2021

Klinsmann revela conversa com Flamengo em 2020 e elogia 'clube fascinante'




Uol: O técnico alemão Jürgen Klinsmann foi uma das opções do Flamengo após a saída de Jorge Jesus, em julho de 2020. O clube conversou com diversos candidatos na ocasião, no processo que resultou na contratação de Domènec Torrent. Em conversa com o UOL Esporte , Klinsmann falou pela primeira vez sobre o contato com o Fla e não descartou treinar algum time sul-americano.


"É difícil dizer o porquê de não ter dado certo", resume o treinador, cujo nome foi cogitado pelo Flamengo na lista que tinha Carlos Carvalhal, Fernando Hierro e Leonardo Jardim —o contratado, no entanto, foi Dome.

"Foi um pouco mais do que um rumor, mas, obviamente, os clubes têm muitas opções e tudo depende de com quais candidatos você conversar", diz Klinsmann. "O Flamengo é um dos maiores clubes do mundo, talvez o maior do Brasil, e tem torcida no mundo inteiro. É um clube fascinante de falar sobre", elogia o treinador.



Questionado se aceitaria trabalhar no Brasil hoje, Klinsmann não desconversa. "Com certeza", diz. "Estive aberto a novas aventuras na minha vida inteira. Para continuar vivendo do futebol, é preciso estar aberto a tudo, todos precisam ter a mente aberta. Muitas décadas atrás, os treinadores nem consideravam deixar seus países, mas o tempo mudou isso. O Carlos Alberto Parreira, para usar um exemplo brasileiro, treinou em todos os cantos do mundo", lembra.

"O futebol te dá ferramentas. Eu nunca fui para uma universidade, mas o futebol me ensinou muito: aprendi novos idiomas e a absorver culturas diferentes. Os países sul-americanos são tão diferentes [dos europeus] e entre si, que isso é fascinante para mim. Sou um aprendiz constante, gosto de ser um estudante da vida. Com o Flamengo houve, sim, um contato. Se tivesse dado certo, por que não?", conclui o técnico.



Klinsmann está sem clube desde fevereiro de 2020, quando deixou o Hertha Berlin após curta passagem. Ele é uma das figuras mais respeitadas do futebol alemão, tendo sido fundamental na conquista da Copa do Mundo de 1990, como jogador, e depois revolucionado o jeito de jogar da seleção alemã, como treinador (2004-06). O técnico ainda tem no currículo o Bayern de Munique (2008-09), em que não deu tão certo, e a seleção dos Estados Unidos (2011-16), com a qual disputou a Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

O Flamengo, por sua vez, já teve três técnicos desde a época em que cogitou Klinsmann. Dome durou apenas 26 jogos, Rogério Ceni ocupou o cargo por seis meses e agora Renato Gaúcho está há quatro meses na função.



- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário