quinta-feira, 30 de setembro de 2021

Flamengo chega à final da Libertadores com campanha melhor que em 2019




Por Diogo Dantas | Extra: O Flamengo chega à final da Libertadores 2021 com uma campanha superior à de 2019, quando foi campeão. O aproveitamento é melhor não apenas em toda a campanha até a decisão, mas sobretudo na fase eliminatória. Quando Renato Gaúcho asssumiu e teve números melhores que o português Jorge Jesus.



Invicto, o Flamengo obteve nove vitórias em 12 jogos, e outros três empates. Fez 32 gols e levou 12. Média de 2,67 marcados por jogo. No mata-mata com Renato Gaúcho, foram seis vitórias seguidas. Na fase de grupos, três vitórias e três empates sob o comando de Rogério Ceni.

Em 2019, a chegada à decisão veio com um ataque menos avassalador do que o atual, mas uma defesa ligeiramente mais consistente. Foram 22 gols até a partida contra o River Plate, e nove sofridos.



No total, a equipe obteve seis vitórias, três empates e três derrotas. No mata-mata com Jorge Jesus, perdeu uma, empatou duas e venceu três. Com Abel Braga, na fase de grupos, foram três vitórias, um empate e duas derrotas.

Comparações

O técnico Jorge Jesus disse recentemente que Renato Gaúcho "nunca" repetirá sua história no Flamengo. Em entrevista ao "SBT", o português relembrou a passagem no rubro-negro, após conseguir classificação para a fase de grupos da Champions League com o Benfica.



Quando o repórter disse que Renato Gaúcho "ainda não ganhou nenhum título e não fez a história que Jorge Jesus teve no Flamengo", o treinador o interrompreu:

— Nem nunca fará — disse Jesus.

O português conquistou a Libertadores e o Brasileirão em 2019 com o rubro-negro, e ainda foi campeão do Campeonato Carioca, da Recopa Sul-Americana e da Supercopa do Brasil em 2020 antes de retornar ao seu país natal. Jesus apostou que o Flamengo chegará à decisão da Libertadores.



— O Flamengo teve um pouquinho de sorte no sorteio, como vocês dizem no Brasil, [jogou] contra equipes com menos valor. Tenho certeza de que o Flamengo vai estar na final, porque essa equipe [Barcelona de Guayaquil] eu conheço bem, jogamos no Maracanã e vencemos por 3 a 0 [na fase de grupos no ano passado]. Vai ser uma final da Libertadores do Flamengo contra Palmeiras ou Atlético-MG — opinou.

Após a saída de Jesus, no ano passado, o time do Flamengo ainda passou pelas mãos de Domènec Torrent e Rogério Ceni até fechar com Renato Gaúcho, contratado em julho.



- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário