quarta-feira, 15 de setembro de 2021

Depois de derrota para Flamengo no STJD, clubes da Série A pedem adiamento do Brasileirão




O Globo: O movimento conjunto de 19 clubes da Série A ganhou mais um desdobramento: nesta quarta-feira, o grupo enviou um ofício à CBF com o pedido de adiamento da 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, marcada para ocorrer neste fim de semana.



Leia também: Clubes recorrem novamente ao STJD para derrubar liminar do Flamengo antes da rodada do Brasileiro

A entidade já recebeu o pleito dos clubes e vai encaminhar o seu parecer, que deve ser positivo, ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva. A ideia é que a liminar que beneficia o Flamengo para mandar jogos com torcida seja derrubada antes.



Na última terça-feira, os clubes sofreram uma derrota para o Flamengo no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), em uma ação para revogar a liminar que liberava a presença de público nos jogos do rubro-negro carioca.

Agora, o documento dos clubes se direciona a partir de uma decisão anterior do Conselho Técnico da entidade. Na pauta em questão, tinha reinado a decisão que, em respeito à pandemia de Covid-19, o retorno de público aos estádios ocorreria de forma simultânea a todos os grupos.  



STJD indefere pedido
Apesar de ter indeferido o pedido, o STJD autorizou que 17 clubes da Série A atuem como terceiros interessados na Medida Inominada do clube carioca que terá torcida a partir do jogo com o Grêmio, pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira, depois que a Prefeitura do Rio liberou 35% da capacidade do Maracanã.

Na decisão, Otávio Noronha afirma que "é fato público e notório, amplamente divulgado pela Imprensa à época, que desde de setembro de 2020, a própria CBF já obteve, por sua própria iniciativa, o aval do Ministério da Saúde, para liberar o ingresso dos torcedores aos Estádios, conquanto fosse observado, justamente, as orientações e determinações das autoridades sanitárias de cada localidade".


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Alexandre Vidal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário