sábado, 14 de agosto de 2021

Por uma recuperação definitiva, Flamengo projeta volta de Rodrigo Caio em setembro




Por Cahê Mota | GE: Paciência e planejamento por uma volta definitiva. Assim que o Flamengo trabalha com Rodrigo Caio. Ainda não será diante do Olimpia, quarta-feira, pelas quartas de final da Libertadores, que Renato Gaúcho terá o zagueiro à disposição. O departamento médico projeta avaliar o retorno somente a partir de setembro.



Desde a reta final do Brasileirão 2020, Rodrigo Caio tem tido dificuldade de emendar uma sequência de jogos e há um problema recorrente no joelho. Após a vitória por 5 a 1 sobre o São Paulo, o tema entrou em pauta e a decisão foi aprofundar-se para uma cura que indicasse ser definitiva.

Rodrigo Caio passou por um procedimento que incluiu correção do problema e uma análise mais profunda, com exames de última geração. Por mais que o Flamengo tenha anunciado que a ausência se dá por um trabalho de reequilíbrio muscular, o foco está no tratamento do joelho. E não há pressa para acelerar o retorno.



Departamento de futebol, médicos, comissão técnica e jogador conversaram e entraram em consenso de que um tratamento que indicasse uma solução definitiva, por mais que Rodrigo ficasse fora de mais jogos, seria o ideal. E assim tem sido feito.

Nas últimas duas semanas, Rodrigo Caio tem alternado entre a fisioterapia e a musculação. Diante disso, um retorno breve está fora dos planos. O Flamengo não faz previsão, as avaliações são constantes, mas um passo seguinte para o retorno só acontecerá após a virada do mês.



A conclusão é de que vale a pena sofrer com a ausência de seu principal defensor agora para tê-lo 100% nas retas decisivas de Libertadores, Brasileirão e Copa do Brasil. Até lá, Gustavo Henrique e Léo Pereira formam a dupla de zaga titular.

Com 60 jogos em 2019 e 32 na temporada 2020, Rodrigo Caio entrou em campo 16 vezes em 2021 e marcou um gol. A última partida do jogador aconteceu há praticamente três semanas, no 5 a 1 sobre o São Paulo, no Maracanã.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário