segunda-feira, 23 de agosto de 2021

Narrador da Globo tenta criar crise no Flamengo envolvendo Pedro: "Se sou eu peço pra ir embora"




Preservando alguns do seus titulares, o Flamengo entrou em ação no último domingo (22) e ficou no empate em 1 a 1 contra o Ceará, pela 17ª rodada do Brasileirão, e não se aproximou do pelotão principal da tabela. Logo após a partida, o narrador Gustavo Villani usou seu espaço no programa "Troca de Passes" do Sportv para tentar criar "climão" entre o atacante Pedro e o técnico Renato Gaúcho.



A fala do narrador se deve ao fato que durante a partida imagens mostraram Pedro, que ainda não tinha entrado no jogo, insatisfeito com algo, que poderia ser referente a muitas coisas, mas que durante a transmissão, o comentarista Roger Flores, especulou que seria devido ao jogador ainda não ter entrado na partida. Pouco depois das teorias do comentarista, o atacante entrou aos 37 minutos do segundo tempo no lugar de Gabigol.

Já após o termino do jogo, o narrador Gustavo Villani foi pela mesma linha do comentarista e praticamente pediu para Pedro deixar o Flamengo:



“Se eu sou o Pedro, no final da temporada eu peço para ir embora, porque ele tem bola pra jogar do Brasil e muitos de fora, como um dia já esteve na Fiorentina. Com todo esse episódio, Olimpíada, o Brasil tendo sido medalhista, ele estava nos planos, foi convocado, participou de amistosos”, iniciou Villani, citando na sequência o fato do jogador ter amargado banco em boa parte do empate do Fla contra o Vozão.

“Em um jogo como hoje, sem tantos titulares por uma manutenção de esquema, o Renato já explicou isso, ele acha que Gabriel e Pedro ocupam o mesmo espaço, o time fica vulnerável. Do ponto de vista do Pedro, de quem entrega quando tem chance, de quem tem uma média de gols a ponto do Flamengo comprá-lo, e chegando a essa altura da carreira ele tem que jogar, tem que jogar para ir à Seleção. Muda o treinador, eu sou o reserva, e em um jogo sem dois dos quatro principais jogadores do time eu não estou, não vou ficar aqui refém de esquema tático”, concluiu Villani.



Toda essa especulação criada na cabeças do comentarista e do narrador não se tratava de nenhuma informação de alguma fonte interna do clube, pois como dito pelo próprio Roger Flores se tratava apenas de um "Feeling" de ex-jogador, que foi rebatida por Renato Gaúcho durante a coletiva:

"Acho até engraçado. O Roger foi um grande jogador, mas o feeling dele dessa vez está totalmente errado. Primeiro que o meu time quem escala sou eu e segundo que eu tive uma conversa muito boa com o Pedro e disse que ele vai ter oportunidades", avisou Renato.

O Flamengo volta a campo nesta quarta-feira (25), às 21h30 (de Brasília), quando encara o Grêmio, fora de casa, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário