'Daria R$ 5 mil para ver o Flamengo não ser campeão', dispara ex-jogador do clube


O Flamengo está na final da Libertadores e da Copa do Brasil nesta reta final de temporada. No entanto, se depender da torcida de Vampeta, o Rubro-Negro não terá sucesso. Durante programa na "Jovem Pan", o comentarista afirmou que pagaria R$ 5 mil para ver o Rubro-Negro fracassar nas decisões.


- Daria R$ 5 mil para não ver o Flamengo ser campeão, está dentro do meu orçamento. Torcedor é torcedor. Quando o Bahia perde, eu vibro, sou Vitória. Sou muito bem recebido pelos flamenguistas quando vou ao Rio. Mentira, querem me matar (risos) - disse Vampeta.


- Não dá para torcer pra todo mundo. Se fosse todo mundo flamenguista, quem ia torcer para o resto? Queria ver aquela massa do Rio de Janeiro, todos tristes. Lá na Barra da Tijuca, nas comunidades. Vale a pena, ser torcedor é isso. Já pensou? - completou o ex-jogador.

Vampeta somou breve passagem pelo Flamengo, entre 2001 e 2002. Contudo, os momentos do ex-jogador no Rubro-Negro não foram dos melhores. Foram apenas 16 partidas pelo clube carioca. Foi atuando pelo Fla que o atleta soltou a célebre fase "Eles fingem que me pagam, e eu finjo que jogo".

Fonte: Lance
Imagem: Divulgação

- // -

Clique aqui para ver mais notícias do Fla

Tags

Postar um comentário

5 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.
  1. Pagar a pensão da filha dele ,não tem dinheiro, agora para secar o mengão tem 5 mil kkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comédia ele da a ex mulher se ela não paga não e com ele pior e não indenizar as vítimas corretamente

      Excluir
  2. Ele deveria é pagar a pensão dos filhos com esse dinheiro.

    ResponderExcluir
  3. QUEM É VAMPETA, EM FRENTE A NAÇÃO RUBRO NEGRA.

    LIXO DE CERUMANO

    AQUI É FLAMENGO GANHANDO OU PERDENDO.

    FICA A DICA.

    GUARDA ESTE DINHEIRO POIS EM BREVE VC IRÁ PRECISAR.

    POIS SEUS FILHOS TEM QUE COMER.

    ResponderExcluir
  4. Um jogador que teve o seu valor para o Corinthians, no entanto com uma atitude pessoal e profissional, bastante limitada e voltada para o famoso esquema de bebida e festa. Não tem mais lugar no momento atual e profissional do esporte.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário