segunda-feira, 10 de maio de 2021

Clubes belgas tem interesse na contratação de Rodrigo Muniz, veja valores





A temporada de 2021 começou diferente para os Garotos do Ninho. Isso porque, como a equipe principal tirou duas semanas de folga, os jovens da base aproveitaram a oportunidade para vestirem o Manto Sagrado profissional. Um dos destaques do Fla neste início foi o atacante Rodrigo Muniz, que está sendo alvo do Genk e do Club Brugge, ambos da Bélgica. O primeiro mantém conversas com a diretoria rubro-negra há 15 dias e já realizou proposta oficial para contratar o jovem.



De acordo com o jornal O Dia, a oferta feita pelo Genk para contratar Rodrigo Muniz gira nos seguintes valores: 2,5 milhões de euros à vista, além de 1,5 milhões de euros em novembro e duas parcelas de 500 mil euros caso o atacante consiga atingir a meta de atuar um número pré-estabelecido de jogos como titular nas duas primeiras temporadas na Bélgica. Assim, o Mais Querido pode lucrar cerca de 5 milhões de euros no total, aproximadamente 33 milhões de reais.

Vale destacar que o Flamengo deseja manter uma porcentagem pelos direitos econômicos do atleta. Assim, o valor oferecido pelo Genk seria para adquirir 70% do atleta, com os 30% restantes para o Mais Querido. Contudo, o Rubro-Negro tenta negociar para ficar com pelo menos, 50% de Rodrigo Muniz. A estratégia do clube envolve o futuro do jogador, que tem potencial para mais uma venda futura, que pode render mais dinheiro aos cofres do Fla.



Rodrigo Muniz chegou ao Flamengo em 2018, após ser observado no Desportivo Brasil. Na temporada 2021, o atacante, como mencionado, fez parte da equipe alternativa que deu o pontapé inicial no Campeonato Carioca. O jovem briga pela artilharia do Estadual, com cinco gols feitos até o momento. Contudo, ele precisará enfrentar uma concorrência pesada com Pedro e Gabigol.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Fonte: https://colunadofla.com/2021/05/proposta-de-clube-belga-por-rodrigo-muniz-pode-render-quantia-milionaria-ao-flamengo/
Imagem: Marcelo Cortes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário