sábado, 24 de abril de 2021

Flamengo bate o Volta Redonda com gols de Michael e Vitinho e leva a Taça Guanabara



O Flamengo voltou a ter um título para comemorar, desta vez simbólico, mas também vencido sob suor. Neste sábado, o time de Rogério Ceni derrotou o Volta Redonda, então líder, por 2 a 1, pela "final" da Taça Guanabara, conquistada pelo Rubro-Negro pela 23ª vez na história.


Os gols pela última rodada antes das semifinais do Carioca foram de Michael, Vitinho e Bruno Barra, pelo lado de um encardido visitante que valorizou a conquista. Foi uma peleja bem disputada no Maracanã.

UM INÍCIO MOROSO

Com mudanças em todos os setores, já por conta do jogo na Libertadores nesta terça, o Flamengo tardou para engrenar e encontrar espaço entre as linhas do Volta Redonda. Assim, optou pela amplitude - realçada por Ceni na parada técnica - e jogadas individuais com Michael, sobretudo.



A primeira boa chance na partida foi do Voltaço, inclusive. A bola sobrou na entrada da área para Luciano Naninho, após bola rolada por João Carlos, em erro na saída do Fla. Diego Alves salvou, na casa dos 17'.

GOL LÁ, GOL CÁ: EMPATE JUSTO

Aos poucos, o Volta Redonda passou a cansar e afrouxou a marcação por dentro. Foi quando o Fla abriu o placar; e numa jogada improvável: lindo passe de Gustavo Henrique para Michael, que finalizou frente ao Andrey e viu o goleiro aceitar: 1 a 0. Todos os jogadores do banco foram abraçar-lhe. 

O placar foi inaugurado aos 45. Mas o Fla, displicente, lento e previsível para atacar, vinha aquém do esperado no rendimento, tanto que, após um erro infantil de Arão no meio, sofreu um gol em decorrência da bola perdida: Bruno Barra fez depois de bate-rebate em mais um gol sofrido via bola aérea pelo time de Rogério Ceni, no último lance do primeiro tempo. O empate era justo pelo cenário.



A DECISIVA SAPATADA DE VITINHO

O Flamengo voltou mais elétrico e contundente com a bola. Gabigol chegou perto em boa trama pela esquerda: parou em linda defesa do Andrey. Do outro lado, o Volta Redonda não deixou de espetar os mandantes e até causou certo perigo, porém o Rubro-Negro foi quem voltou a ir à rede. 

Enfim numa veloz transição ofensiva, Vitinho aproveitou a brecha na entrada da área e enfiou uma sapatada de canhota: golaço na gaveta.

PEDRO E GABIGOL: TESTE PARA A TEMPORADA

Cabe destacar que, pela primeira vez com Ceni, Gabi e Pedro iniciaram uma partida juntos no ataque. No geral, isso já havia ocorrido quatro vezes. Entretanto, diferente das oportunidades anteriores, nenhum dos dois fez gol.



A dupla pouco tramou jogadas perto da área, sendo que Pedro esteve apagado como referência, mas o teste foi válido visando o restante da temporada. 

MAIS UMA TAÇA PARA A GÁVEA

Para o Flamengo, não houve mais sustos significativos quanto ao placar. Os goleadores Alef Manga e João Carlos se esforçaram bastante, arriscaram, mas não foram capazes de ver o Fla ficar com o título simbólico. A reta final foi de controle, principalmente quando mais titulares foram acionados. 

Maior vencedor, o Flamengo passa a ter 23 conquistas da Taça Guanabara, vencida pelo segundo ano consecutivo - o que não ocorria há 13 anos. Além disso, foi o 12º título do clube desde 2019. Um marco invejável. 



PRÓXIMOS COMPROMISSOS

A missão do Flamengo agora é pela Libertadores: terça recebe o Unión La Calera. Pelo Carioca, irá esperar a definição dos jogos de amanhã para saber o seu rival pelas semi, no fim de semana que vem. O Volta Redonda, idem. 

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO X VOLTA REDONDA - TAÇA GUANABARA
Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 24 de abril de 2021, às 19h
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha
Assistentes: Rodrigo Henrique Corrêa e Thiago de Oliveira Esposito
Gramado: bom
Cartões amarelos: Bruno Viana, Arrascaeta e Renê (FLA) / Oliveira e Luiz Paulo (VOL)
Cartões vermelhos: -

GOLS: Michael, 45'/1ºT (1-0); Bruno Barra, 48'/1ºT (1-1); Vitinho, 17'/2ºT (2-1)

FLAMENGO (Técnico: Rogério Ceni)
Diego Alves, Matheuzinho, Gustavo Henrique, Bruno Viana e Renê; Willian Arão, Gerson (Diego, 27'/2ºT), Vitinho (Arrascaeta, 27'/2ºT) e Michael (Everton Ribeiro, 39'/2ºT); Gabigol (Bruno Henrique, 27'/2ºT) e Pedro (Rodrigo Muniz, 41'/2ºT).

VOLTA REDONDA (Técnico: Neto Colucci)
Andrey; Oliveira, Heitor, Gabriel Pereira e Luiz Paulo; Bruno Barra (Guilherme Eulálio, 43'/2ºT), Emerson Junior (Caio Vitor, 27'/2ºT) e Luciano Naninho (Marcos Bebê, 38'/2ºT); Alef Manga, Hiroshi (Wallisson, 38'/2ºT) e João Carlos (Jô, 43'/2ºT).



- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Fonte: https://www.lance.com.br/flamengo/rotina-titulos-bate-volta-redonda-com-gols-michael-vitinho-leva-taca-guanabara.html
Imagem: Maracanã

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário