Em entrevista nesta terça, presidente do Olympique abriu o jogo sobre negociação com o Flamengo por Gerson



Globoesporte.com: Pedido por Gabigol no trio elétrico e jogador que mais empolga a torcida do Flamengo nesse início da busca por reforços, Gerson ainda terá de ser paciente para realizar o desejo de voltar ao clube. Em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira, o presidente do Olympique de Marseille, Pablo Longoria, confirmou que a negociação segue em andamento, mas destacou: "não há acordo no momento".


O Flamengo deseja pagar menos do que os 20 milhões de euros investidos no ano passado pelo Olympique. Durante as conversas diárias que vêm mantendo com os franceses, os rubro-negros acenam com a compra de 60% dos direitos econômicos, deixando 20% com o OM. Vale destacar que o Flamengo ainda tem os outros 20% de Gerson.


Essa equação proposta pelos cariocas, porém, ainda não atingiu o que pretendem os franceses. Longoria sabe que Gerson quer voltar e que não houve química entre o Coringa e o croata Igor Tudor, técnico que assumiu o Olympique após a saída de Jorge Sampaoli.

- Para começar, é verdade que estamos em negociação com o Flamengo, acho que isso já é público. No momento ainda não há um acordo com o clube. Como vocês sabem, Gerson está no Brasil com nossa permissão. A análise geral da situação é importante, aqui não jogamos Playstation, não estamos jogando Fifa. É uma situação que envolve o jogador, sua personalidade, sua vontade, seu entorno. Em alguns momentos no futebol, nem tudo se alinha. Essa é a situação, que é clara e evidente. Com a mudança de treinador, alguns jogadores se adaptam mais a determinado treinador. As circunstâncias mudam, treinador, o estilo... Muita coisa mudou aqui no OM (Olympique de Marseille), mudamos o treinador, trocamos de jogadores. Mudar a maneira de como se joga é complicado, nem todos se adaptam de imediato nessa situação.


Longoria voltou a tocar na questão do valor e destacou o talento de Gerson, citando gols marcados e assistências dadas em um ano e meio de França. O dirigente disse respeitar a vontade do jogador, mas lembrou que, caso não cheguem a um entendimento com o Flamengo, ele precisa se reapresentar em 30 de novembro.

- A situação hoje é clara: ele é um jogador do OM, está no Brasil com nossa permissão. Por conta das circunstâncias, ele nos pediu, e estamos em negociação com o Flamengo. A vontade do jogador é voltar ao Brasil, ele já manifestou isso por circunstâncias que são pessoais, e nós respeitamos, mas não há acordo no momento.


- Naturalmente falamos de um jogador que tem valor, não foram muitos jogadores que na temporada passada na Europa fizeram duplo-duplo em assistências e gols. Nós consideramos o valor do jogador. Se acharmos que receberemos um valor justo pelo jogador, podemos continuar a negociação. Caso contrário, será reincorporado à equipe no dia 30 de novembro.

O Flamengo trata a negociação como complicada. De favorável há a vontade mútua de clube e jogador. Com o staff de Gerson está tudo muito bem encaminhado, mas a negociação promete se arrastar por mais alguns dias.


Gerson é um grande desejo do Flamengo, e as conversas com o representante do Olympique no Brasil, Pascal Carbon, seguem constantes. Como disse Longoria, há pelo menos mais 15 dias para ajustes no sentido de acontecer um acordo que satisfaça todas as partes. É momento de a torcida rubro-negra ter paciência.

Imagem: Divulgação

- // -

Clique aqui para ver mais notícias do Fla

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.