Flamengo tem nova 'base titular' em busca de final inédita para geração


O Flamengo que conquistou sete títulos em 2019 e 2020 contou com a manutenção de uma "espinha dorsal" nas temporadas. Hoje, a equipe titular de Dorival Júnior já tem uma base diferente, e conta com jogadores que buscam as primeiras conquistas no clube, ou, ao menos, os primeiros títulos após alcançarem status de protagonistas.


A "fome" é um dos trunfos do Flamengo nesta quarta, para confirmar a sua vaga na final da Copa do Brasil contra o São Paulo. A bola rola às 21h30, no Maracanã, com transmissão em Tempo Real do LANCE!.


Santos; Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Filipe Luís; João Gomes, Thiago Maia, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Gabi e Pedro. Esta é a escalação mais repetida em 2022, e tem dois jogadores que ainda não foram campeões pelo Flamengo: o goleiro Santos e o zagueiro David Luiz, ambos em bons momentos e titulares incontestáveis.

Filipe Luís, Everton Ribeiro, Arrascaeta e Gabi, por outro lado, seguem como protagonistas, assim como eram nas conquistas desde 2019.


DE COADJUVANTES À PROTAGONISTAS

Léo Pereira, Thiago Maia e Pedro participaram das conquistas do Brasileirão, da Supercopa do Brasil e da Recopa Sul-Americana, em 2020, e dos títulos estaduais em 2020 e 2021. Porém, os três atletas, por diferentes razões, não foram titulares absolutos nestas campanhas e, atualmente, vivem seus melhores momentos no clube.

O zagueiro deixou as falhas que marcaram sua passagem entre 2020 e 2021, quando alternou entre reserva e titular diante dos problemas defensivos do time, e, hoje, atua com a segurança que o fez se destacar pelo Athletico e ser contratado. A qualidade na saída de bola, inclusive, dá a Léo função fundamental na equipe de Dorival.


Já Thiago Maia teve a primeira temporada no Flamengo interrompida por uma grave lesão no joelho esquerdo. Foram seis meses de recuperação e, após o seu retorno aos jogos, mais um longo período até que reencontrasse o seu nível ideal - como o próprio admitiu.

Pedro, por sua vez, teve com Dorival Júnior o que não havia tido com os outros técnicos: sequência no time titular. Mostrando ser possível atuar ao lado de Gabi, o centroavante faz sua melhor temporada, divide a artilharia do clube com o parceiro de ataque e vem sendo decisivo. A ótima fase o levou, inclusive, para a Seleção Brasileira.


JOÃO GOMES, O CRIA DO NINHO

Entre os titulares, João Gomes é o único cria do Ninho, formado no clube. A identificação com a torcida e o espírito de luta em campo, transformou o jogador no xodó da Nação, mas a contribuição dele à equipe é essencial, sendo o principal marcador do Rubro-Negro.

Em 2021, João se consolidou como opção importante no elenco, com 25 jogos como titular e 19 como reserva. Em 2022, o camisa 35 venceu a concorrência e firmou-se como titular. Em minutos em campo, o garoto do Ninho só fica atrás de Gabi e Arrascaeta no ano.


RODINEI EM MELHOR MOMENTO NO CLUBE

Um dos jogadores mais longevos do elenco atual, Rodinei vive seu melhor momento pelo Flamengo. Opção ofensiva, o lateral-direito cresceu após a chegada de Dorival e, em fim de ciclo pelo clube, está focado em encerrar a sua (já vitoriosa) passagem com mais títulos.

Entre os titulares, é o único que esteve em campo na última final de Copa do Brasil do Flamengo, em 2017, no vice para o Cruzeiro. Em 2019, contudo, era reserva de Rafinha nas conquistas daquele e, na temporada seguinte, atuou por empréstimo no Internacional. Assim, o lateral-direito busca seus primeiros troféus como titular no clube.

Fonte: Lance!
Imagem: Divulgação

- // -

Clique aqui para ver mais notícias do Fla

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.