Braz fala sobre polêmica com valores de direitos de TV: “Flamengo vai ganhar igual”


Recentemente, o UOL Esporte publicou a os valores que os clubes brasileiros recebem da Globo pelo pay-per-view do Brasileirão atualmente e as quantias que Flamengo e Corinthians recebem surpreenderam muita gente entre torcedores e jornalistas.


Em entrevista ao Canal do Benja, nesta quinta-feira (15), Marcos Braz, vice de futebol do Flamengo, e minimizou o fato deo clube ganhar muito mais que a maioria dos concorrentes no Brasil.


Para isso, lembrou de alguns anos atrás, quando, segundo ele, o Flamengo ganhava menos e mesmo assim, brigava por títulos.

“Em relação a grana, o dinheiro que tinha no departamento de futebol do Flamengo em 2019 era só 10% ou 12% maior do que tinha em 2018 e 2017. Outra coisa, em 2009, eu tinha um orçamento muito menor do que os outros e o Flamengo foi campeão brasileiro”, disse.


Questionado se com a criação da Liga de Futebol no Brasil diminuiria o montante de dinheiro que o time carioca recebe, Braz cravou que não.

“Não tenho nenhum problema em trabalhar com menos recursos. Mas o Flamengo vai ganhar igual (ao que ganha atualmente)“, avisou.

O Flamengo lidera o montante recebido da Globo com nada menos do que R$ 160 milhões, seguido do Corinthians que vai receber R$ 110 milhões em 2022 – o time carioca tem a garantia por contrato de receber no mínimo R$ 120 milhões, enquanto o adversário da final da Copa do Brasil tem garantido R$ 80 milhões.


Para comparação, na terceira posição do ranking aparece o São Paulo, que recebe atualmente somente R$ 36milhões, e o Palmeiras, quarto, terá R$ 32 milhões.

É importante ressaltar que esses valores são pagos somente pelos direitos de pay-per-view pelo menos até 2024, quando acaba o atual contrato com a Globo.

Os valores de TV aberta (Globo) e TV por assinatura (SporTV) são divididos de forma mais igualitária na proporção “40/30/30”, sendo que 40% do valor total é dividido de forma igualitária entre os times, 30% vai para a premiação por classificação, e os outros 30% são distribuídos de acordo com o número de jogos transmitidos.


Valores recebidos pelo Brasileirão em 2022 pelo pay-per-view (Premiere):

Flamengo: R$ 160 milhões por contrato

Corinthians: R$ 110 milhões por contrato

São Paulo: R$ 36 milhões

Palmeiras: R$ 32 milhões

Vasco: R$ 29 milhões

Grêmio: R$ 29 milhões

Cruzeiro: R$ 25,2 milhões

Atlético-MG: R$ 20 milhões

Internacional: R$ 18,8 milhões

Santos: R$ 15,6 milhões

Fluminense: R$ 15,6 milhões

Botafogo: R$ 14,2 milhões

Bahia: R$ 8 milhões

Ceará: R$ 3,2 milhões

Fortaleza: R$ 2,8 milhões

Coritiba: R$ 2 milhões

Goiás: R$ 800 mil

Atlético-GO, Avaí, América-MG, Juventude, Red Bull Bragantino e Cuiabá somam 0,7% do total: R$ 2,8 milhões ao todo

Fonte: Torcedores.com
Imagem: Divulgação

- // -

Clique aqui para ver mais notícias do Fla

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.