quarta-feira, 3 de agosto de 2022

Agustín Rossi no Flamengo: Empresário do goleiro revela chantagem do Boca Juniors




Torcedores.com: O goleiro Agustín Rossi, atualmente no Boca Juniors, vem sendo especulado no Flamengo, no entanto, a sua situação no clube argentino está longe de ser agradável neste momento. De acordo com seu empresário, a equipe estaria chantageando o jogador para seguir na Argentina.



Com contrato até a metade do ano que vem, o goleiro estaria sendo chantageado pelo clube argentino. O empresário do jogador, Miguel González, revelou que o clube argentino está tomando a negociação de uma forma longe do esperado por ele e por Rossi.

“Me deu a impressão de que o Boca decidiu que Rossi não agarre mais. Me disseram que não o venderiam por menos de 18 milhões de dólares (R$ 95 milhões), uma loucura. Nos deram a entender que se Rossi não assinasse, não jogava mais”, afirmou.



O empresário garantiu que Agustín Rossi está sendo pressionado pelo clube argentino. As palavras do empresário do jogador são de ingratidão do clube com o jogador que vem sendo titular do time.

“O Boca não quer que Rossi assine. Dizerem que o que pedimos pode quebrar o clube é inacreditável. O clube segue sendo ingrato com ele. Cedemos muito, e encaramos a reunião como uma extorsão. O encontro não serviu para nada. Impuseram a duração do contrato, o dinheiro, a forma de pagamento. Não se pode opinar em nada. Eu só pedi ao Boca que o que ofereceram bruto seja líquido, nada mais. Nem quiseram olhar a contraproposta que levamos”, informou o empresário.



Agustín Rossi tem salário baixo
No radar do Flamengo, o jogador tem um salário considerado muito abaixo do padrão praticado no futebol brasileiro. Os vencimentos mensais do goleiro do Boca Juniors são de 1,5 milhão de pesos ou em valores convertidos R$ 59,8 mil.

O baixo salário, juntamente com a idade considerada ideal para um goleiro nos bastidores do Flamengo fazem com que a possibilidade de investida por Agustín Rossi aumente.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário