quinta-feira, 28 de julho de 2022

Flamengo x Athletico-PR: CBF divulga áudios do VAR




GE: O jogo Flamengo 0 x 0 Athletico-PR, quarta-feira, pela Copa do Brasil, teve uma série de lances polêmicos. A CBF divulgou nesta quinta-feira, dia seguinte ao jogo, os áudios de três análises feitas pelo VAR, comandado por Wagner Reway: dois possíveis cartões vermelhos (Gabigol e Arrascaeta) e um pênalti (Fernandinho em Léo Pereira). Em todos, houve concordância com a marcação de campo do árbitro Luiz Flávio de Oliveira.



No lance do possível pênalti. O VAR informa ao árbitro que não houve um grande impacto na jogada:

- Puxou a camisa para cima, pequeno contato ali e o jogador se joga. Sem impacto. Pode seguir, Luiz. Sem impacto.




Para checar o lance envolvendo Gabigol e Fernandinho, o VAR também faz uma checagem rápida e confirma a marcação para Luiz Flávio, indicando apenas o número dos jogadores punidos com cartão amarelo:

- Zerado, como é que foi isso? Amarelo para o 5 e para o 9. Deixa eu ver, deixa passar. Tem pela 1? Tem pela 1? Deixa eu ver pela 1. Um dá uma trombada e o outro chuta. Vendo pela 3 agora. Ok, confirmado Luiz.




No áudio divulgado sobre o lance da falta de Arrascaeta sobre Erick, Reway leva um pouco mais de tempo análise, mas concorda no fim com a decisão de Luiz:

- Preciso revisar. Vou checar, ok? Deu cartão no número 14. Deixa eu ver por outro ângulo. Tem o contato em cima. Preciso ver a perna. Contato um pouco acima, com intensidade média e alta. Tem o contato e recolhe. Calma Luiz, estou checando. Deixa eu ver outro ângulo. Ele se atira por trás contra a perna do atleta. Ele se joga contra o jogador. Ok, Luiz, boa decisão, confirmado.

Um lance que passou despercebido pela arbitragem e também pela mídia, foi a cotovelada de Fernandinho em Filipe Luiz.


Athletico-PR e Flamengo voltam a se enfrentar no dia 17 de agosto, em Curitiba. Quem vencer se classifica para as semifinais da Copa do Brasil. Se houver empate, a disputa da vaga será nas cobranças de pênalti.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário