sábado, 9 de julho de 2022

Flamengo prioriza meio e deixa drama da lateral para segundo plano




Uol: Everton Cebolinha e Vidal, velhos conhecidos, foram prioridades no Flamengo na janela de transferências antes mesmo da abertura. A atenção segue voltada para o meio-campo. Wendel (Zenit) e Walace (Udinese) estão no radar e os volantes são prioridades. 



As polêmicas sobre as laterais, esquerda e direita, não assustam à diretoria, que deixa a posição como 'segundo plano' para contratação. O investimento não é descartado, mas é preciso aparecer uma oportunidade de mercado.

Na direita, o Fla conta com Matheuzinho e Rodinei. O jovem viveu momentos de ascensão, mas ainda não se firmou na equipe. Enquanto isso, o veterano reconquistou espaço, tem feito boas atuações, mas também carrega oscilações. O outro nome era Mauricio Isla, que deixou o clube no último mês para defender a Universidad Católica, do Chile. 



Na esquerda, Filipe Luís, aos 36 anos, já demonstra desgaste físico. Não à toa, um dos investimentos no início do ano foi Ayrton Lucas. O jogador de 25 anos assumiu a posição e atuou como ala nos tempos de Paulo Sousa. Com Dorival Júnior, tem acontecido um revezamento maior no setor.

A avaliação interna é de que não há necessidade de corrida no mercado para reforço na lateral. O entendimento é de que os laterais dão segurança o suficiente para não tornar um reforço prioridade. O quarteto conta prestígio e confiança para o restante da temporada. 



Em meio a isso, o nome do lateral direito Gonzalo Montiel, do Sevilla, foi descartado — de forma enfática — pelo vice-presidente de futebol Marcos Braz: "Não procede, não tem nada", disse o dirigente em coletiva.

Renovação de contrato Rodinei e Filipe Luís são dois dos jogadores que tem contrato encerrando no fim do ano. O Flamengo, no entanto, trabalha com cautela para abrir as negociações de renovação - ou não - de contrato. "Na hora em que o Flamengo entender que deve se posicionar, assim o fará. Eu entendo, é pertinente a pergunta. Você tem uma quantidade excessiva de jogadores em final de contrato. Talvez não seja o melhor para o clube, mas são jogadores altamente profissionais. E existe o interesse em renovar o contrato de muitos deles. Temos bastante tempo para resolver isso. Eles também entendem que o Flamengo está se posicionando de maneira mais forte nessa janela. Temos um jogador contratado, outro muito bem encaminhado. O Flamengo, até por ter tido um problema com o Banco Central no início do ano, agora queremos acelerar", disse Braz em coletiva.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário