Paulo Sousa chega a 30 jogos no Flamengo: veja o desempenho comparado aos antecessores




GE: A vitória por 2 a 1 no clássico diante do Fluminense marcou o 30º jogo de Paulo Sousa no comando do Flamengo. O técnico português, que ainda busca estabilidade no cargo, chegou ao clube no início da temporada e treinou a equipe no Carioca, na Supercopa, na Copa do Brasil, na Libertadores e no Brasileirão. São 19 vitórias, sete empates e quatro derrotas, com aproveitamento de 71%.



A equipe do Espião Estatístico preparou um recorte dos primeiros 30 jogos dos quatro antecessores de Paulo Sousa. Compatriota do português, Jorge Jesus, novo técnico do Fenerbahçe, é quem teve o melhor aproveitamento entre todos. Confira o balanço:

Veja os números dos últimos técnicos do Flamengo


Entre os cinco últimos técnicos do Flamengo, Paulo Sousa tem o terceiro melhor aproveitamento nos primeiros 30 jogos no comando. Jorge Jesus, que conquistou 77% dos pontos, foi quem menos perdeu, com apenas duas derrotas, somando 21 vitórias e sete empates. Além disso, também teve a melhor defesa. Como o português chegou no meio da temporada em 2019, ele pegou a maior parte do Brasileirão, o mata-mata da Libertadores e as oitavas de final da Copa do Brasil no período.



Renato Gaúcho teve o segundo melhor aproveitamento: 73%. Com 20 vitórias, seis empates e quatro derrotas, o técnico, que chegou à final da Libertadores com o Flamengo, teve o melhor ataque do período, com 71 gols nos primeiros 30 jogos. Renato também pegou as mesmas competições que Jorge Jesus, nas mesmas fases: mais de um turno do Brasileirão, a Libertadores e a Copa do Brasil a partir das oitavas.

Paulo Sousa, com 71% de aproveitamento, tem uma vitória a menos que Renato Gaúcho e o mesmo número de derrotas. Com 58 gols marcados, o atual técnico do Flamengo só tem um ataque melhor do que a equipe comandada por Domènec Torrent. A defesa, no entanto, fica atrás das de Jorge Jesus e Renato Gaúcho.



O que pesa na avaliação contra Paulo Sousa é o recorte das partidas. Enquanto os 30 primeiros jogos de JJ e Renato foram com a temporada em andamento nas principais competições do país, metade dos 30 primeiros jogos do atual treinador foram no Carioca e na primeira fase do Flamengo na Copa do Brasil. A equipe, inclusive, perdeu o título estadual para o Fluminense.

Dos últimos treinadores, o único que não chegou a completar 30 jogos foi Domènec Torrent. Com apenas 26 partidas no comando, o catalão estreou na primeira partida do Brasileiro de 2020 e comandou a equipe no início da fase de grupos da Libertadores e nas oitavas da Copa do Brasil. Foram 15 vitórias, cinco empates e seis derrotas, com aproveitamento de 64%. Os péssimos números da defesa (com 38 gols sofridos em 26 jogos) e as goleadas sofridas foram determinantes na demissão.



Já Rogério Ceni teve o pior aproveitamento nos primeiros 30 jogos. Com 61% dos pontos disputados, foram 16 vitórias, sete empates e sete derrotas. A marca de 60 gols marcados lhe rendeu a terceira melhor média no ataque, enquanto os 38 gols sofridos deixaram Ceni com a segunda pior defesa. No entanto, nesse período, conseguiu conquistar o Campeonato Brasileiro de 2020.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.