segunda-feira, 27 de junho de 2022

Andreas 'joga toalha' e Flamengo sequer faz nova proposta após oferta mais vantajosa do Fulham




Extra: Andreas Pereira fez sua parte para permanecer no Flamengo depois do erro que o marcou no fim da Libertadores de 2021. Além de aceitar uma oferta de 60% menos do que recebia de salário no contrato esboçado até 2026, o jogador mostrou serviço nas últimas partidas que antecederam o fim de seu empréstimo, que acaba na quinta-feira.



Não foi suficiente, pois o Flamengo decidiu que se fizesse uma oferta inferior aos 10 milhões de euros acordados com o Manchester United em fevereiro, ela seria mais baixa, só para constar. E nos últimos dias de Andreas no clube, não se mexeu. O jogador viaja para a Colômbia para enfrentar o Tolima pela Libertadores e em seguida se despede, uma vez que o vínculo provisório se encerra dia 30.

O meio-campo de 25 anos já tem outros caminhos mais vantajosos a seguir, apesar de desejar ficar no Brasil e no Flamengo. O Fulham, da Inglaterra, acenou com a possibilidade de comprar o jogador por um valor entre 13 e 15 milhões de euros, e o United topou. A informação sobre a negociação foi revelada inicialmente pelo portal Uol. Recentemente, o estafe de Andreas também consultou informações sobre o Crystal Palace, time inglês cujo dono é John Textor, acionista do Botafogo.



O jogador fez força para ficar no Flamengo até a última reunião com a diretoria, que ocorreu recentemente. Mas o clube só ameaçou mudar de ideia sobre a decisão de não comprar o volante depois que demitiu Paulo Sousa, com quem Andreas teve desempenho ruim no começo do ano. O vice de futebol Marcos Braz afirmou que o Flamengo ainda estava se esforçando para manter Andreas, mas já ciente de que um novo empréstimo estaria descartado e que uma oferta diferente da que ele mesmo acordou com os ingleses há quatro meses não seria aceita.

O técnico Dorival Júnior, com quem Andreas subiu ainda mais de produção nas últimas partidas, deixou claro que a permanência seria importante, e deu recado para a direção na entrevista após a vitória sobre o América-MG.

- Para mim seria importantíssimo, a melhor contratação que faríamos neste momento, seria a manutenção do Andreas. Eu torço para que o presidente consiga encontrar um caminho e deixá-lo aqui. É um jogador diferente, que cabe em qualquer circunstância, em todos os sentidos. Participativo, inteligente para atuar. Não tenho dúvidas que ele pode crescer muito na nossa equipe.



- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário