Jorge Jesus relembra conversa por retorno ao Flamengo e diz o que fez negociação 'dar errado'




Espn: Jorge Jesus dominou o noticiário esportivo nos últimos dias por causa de sua viagem ao Brasil. As declarações do técnico acenderam em torcedores do Flamengo a possibilidade de um retorno ao time onde foi campeão da América em 2019. Nesta segunda-feira, o ‘Mister’ voltou a falar, mas numa entrevista gravada antes das bombásticas afirmações.



‘JJ’ participou do programa ‘Bem Amigos’, do SporTV, gravado na última segunda-feira. Durante a exibição, ele explicou por que não saiu do Benfica em meados de dezembro, quando Bruno Spindel e Marcos Braz viajaram a Portugal na intenção de contratá-lo.

"Quando Spindel e Braz foram a Portugal, foi em dezembro. Assistiram a dois jogos, dois clássicos, Benfica x Porto. Nessa altura, eu já andava.... Os resultados do Benfica estavam compatíveis com os objetivos, estávamos a quatro pontos do primeiro colocado, agora estão há 12 ou 15. Os objetivos estavam todos lá. Mas houve muita política, o presidente saiu, política muito complicada”, disse.



"Depois, não estava habituado a ganhar um jogo e ser vaiado. A gente ganhou do Dínamo de Kiev para ir às oitavas da Champions League, alguns torcedores vaiaram", acrescentou.

"Eu tinha uma cláusula de rescisão muito alta. Tinha que pagar 10 milhões de euros ao Benfica. Era uma cláusula que nem todos os times tinham capacidade. Todo esse ambiente, mais o fato dos dirigentes do Flamengo terem ido à Portugal, em todas os jornais, todas as televisões, criou um ambiente muito complicado para mim com os torcedores do Benfica, um ambiente pesado. Neste momento não poderia sair do Benfica. Naquele momento não podia rescindir o contrato e o Benfica não estava disposto a abrir mão”, completou.



O treinador ainda relembrou o que o fez ‘mudar de ideia’ e deixar o clube poucos dias depois.

“Quando pedi para sair, sou eu que peço para sair, tive um problema com um jogador. Um jogador (PIzzi) fez alguns comentários, me contaram. Juntei tudo o que estava acontecendo. Com essas questões todas, presidente, xingarem quando a gente ganha... Naquele momento, disse chega, vou embora", afirmou.

"Liguei para o presidente e disse que não queria ser mais treinador do Benfica. Ele pediu para dormir naquele dia, pensar e talvez mudar de ideia. No outro dia, pedi para sair. Cheguei a um acordo com ele e fui embora. Passado um dia ou dois, o Flamengo contrata o Paulo Sousa", finalizou.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.