terça-feira, 3 de maio de 2022

Clubes se unem e aprovam criação de liga independente no futebol brasileiro; veja o que falta para acordo ser sacramentado




Espn: Durante reunião que contou com representantes dos principais clubes do Brasil, o martelo foi batido para a criação da liga independente do futebol brasileiro. Com o nome de Libra, ela teve aceitação dos presidentes de cada time.



Em contato com a reportagem da ESPN, o presidente do Santos, Andrés Rueda, confirmou o acordo entre os representantes para a criação da liga. Nenhum time se opôs. No entanto, alguns ainda dependem da aprovação do conselho para assinatura.

Assim que todos os clubes assinarem a criação, a Libra será lançada em evento solene na CBF. A expectativa é de que aconteça no dia 12 de maio.



Nesta terça-feira (3), Erich Beting, blogueiro do ESPN.com.br, trouxe detalhes de como funcionaria a nova liga independente.

"A liga não necessariamente significa de fato ser a entidade responsável pelo Brasileirão. O nome de Libra dado para a liga pressupõe uma tentativa de unir os dois grupos que hoje estão separados. O signo de libra, representado pela balança da Justiça, tenta mostrar que há uma ponderação dentro da entidade que está prestes a nascer", escreveu o blogueiro.

Como era a divisão antes da reunião?

A reunião foi marcada pelo grupo Clube dos 6. Ele é formado por Flamengo e os cinco times paulistas na Série A: Corinthians, Palmeiras, Red Bull Bragantino, Santos e São Paulo.



O outro é o Forte Futebol, movimento criado no ano passado reunindo dez equipes: América-MG, Athletico-PR, Atlético-GO, Avaí, Ceará, Coritiba, Cuiabá, Fortaleza, Goiás e Juventude.

Nos últimos meses eles ganharam a companhia de Atlético-MG e Fluminense. O clube mineiro, inclusive, tomou a dianteira nas interlocuções com o Clube dos 6.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário