quinta-feira, 19 de maio de 2022

Caso Diego Alves: Paulo Sousa, Braz e Spindel falarão juntos sobre atrito após Flamengo x Goiás




Por Fred Gomes | GE:  O silêncio que precede o barulho tem data e hora marcada para terminar: sábado, por volta de 19h.



Depois de dias marcados por desencontro de informações e nenhum posicionamento oficial por parte da diretoria do Flamengo sobretudo de Rodolfo Landim e de Marcos Braz, esclarecimentos serão dados no sábado, após a partida entre Flamengo e Goiás, às 16h30 (de Brasília), no Maracanã. E o mais importante: com a presença dos comandantes do futebol.

Marcos Braz, vice-presidente de futebol, e Bruno Spindel, diretor executivo, concederão entrevista coletiva ao lado de Paulo Sousa com o objetivo de esclarecer a guerra fria entre Diego Alves e o treinador português.



O silêncio de Rodolfo Landim vem gerando desconforto interno. Figuras importantes querem que o presidente se posicione. A cobrança também se estende a Marcos Braz, chefe do departamento de futebol. Nesta quinta-feira, ele não esteve no Ninho do Urubu para participar da reunião entre Diego Alves, Bruno Spindel, Márcio Tannure, Paulo Sousa e outras lideranças do grupo.

Participaram, porém, os principais focos da crise: Paulo Sousa e Diego Alves, evidentemente, além de Bruno Spindel, que teve seu nome citado pelo treinador durante a coletiva concedida após a vitória sobre a Católica. Tannure, por conta de a questão médica (pubalgia do goleiro) ter sido a causa do disse me disse, também foi figura importante do encontro.



Com o apoio de algumas lideranças do grupo, Diego Alves queria uma retratação pública antes de sábado, mas isso não acontecerá.

Todo o clima criado após a coletiva de Paulo Sousa pós-vitória sobre a Católica azedou demais o ambiente rubro-negro da Gávea ao CT. Conselheiros continuam exercendo forte pressão pela queda do treinador, que ainda tem o apoio de Rodolfo Landim.

Cahê Mota explica pagamento da multa de Paulo Sousa para deixar a Polônia e fechar com o Flamengo

Com o clube em ebulição, os holofotes estão todos virados para a entrevista que será dada após Flamengo x Goiás, que, a exemplo de outros compromissos recentes, fica em segundo plano. Estancar uma crise em um time que busca a paz e a esperada arrancada é o grande objetivo dentro dos corredores rubro-negros no momento.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário