De volta ao Flamengo, Gabigol busca marca histórica na Libertadores




Extra: Artilheiro do Flamengo na temporada, Gabigol está a uma bola na rede de se tornar o segundo brasileiro com mais gols na história da Libertadores. Se marcar hoje sobre a Universidad Católica, às 19h, no Chile, ele iguala Fred, do Fluminense, e Palhinha, ex-Cruzeiro, Corinthians e Atlético-MG, ambos com 25 gols. O primeiro colocado é Luizão, com 29.



Foi na competição sul-americana que o atacante rubro-negro construiu a idolatria que sustenta até hoje no clube, e é através dela também que pode retomar uma maior relevância internacional em caso de convocação para a Copa do Mundo do Catar.

Campeão em 2019 e goleador naquela edição e em 2021, o atleta de 25 anos é o artilheiro rubro-negro na temporada atual, com 12 gols sob o comando do técnico Paulo Sousa.



Gabigol iniciou uma nova Libertadores ainda como protagonista de uma equipe em transformação, e como uma das principais lideranças em ascensão em meio à perda de espaço de alguns veteranos. Em dois jogos, fez um gol, de pênalti, contra o Talleres-ARG, em bom jogo no Maracanã.

Mas o desafio é encerrar bem a fase de grupos contra adversários modestos e ter um desempenho ainda melhor. Os jogos contra São Paulo e Palmeiras foram bons indícios de melhora coletiva e individual. Diante do Athletico, em Curitiba, Paulo Sousa preferiu um rodízio que preservou alguns titulares, entre eles Gabigol. Ao lado de Willian Arão e Everton Ribeiro, o atacante é quem tem mais jogos no elenco — 19 no total.



Elemento chave no novo esquema implementado por Paulo Sousa, Gabigol tem atuado com liberdade de movimentação, o que possibilita a criação de espaços para os companheiros, ainda que ele próprio não tenha tantas chances de finalização por partida. Mas a média de gols segue elevada. São 0,63 por jogo em 2022, muito em função do desempenho no Estadual.

Além da volta de Gabigol após ser preservado no Brasileiro, o Flamengo terá o retorno de seu fiel companheiro Bruno Henrique. O jogador havia ficado fora das últimas três partidas em razão de uma tendinite no joelho direito. Por outro lado, David Luiz acabou não relacionado para resolver questões familiares. Nos últimos dias, porém, havia sido preservado do treino após um desgaste. Pablo é o favorito para substituí-lo.



Viajaram para o Chile todos os demais atletas à disposição de Paulo Sousa e que não estão lesionados ou em transição. Ficaram no Rio ainda os laterais Matheuzinho e Ayrton Lucas, os zagueiros Fabrício Bruno, Gustavo Henrique e Rodrigo Caio, além do atacante Vitinho.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.