domingo, 17 de abril de 2022

Com brilho de reservas, Flamengo vence o São Paulo no Maracanã




Lance!: Em sua primeira partida como mandante neste Campeonato Brasileiro, o Flamengo retribuiu a presença dos mais de 60 mil rubro-negros com uma vitória por 3 a 1 sobre o São Paulo. O confronto - como esperado - foi difícil, com os artilheiros Gabi e Calleri marcando na primeira etapa. Depois do intervalo, o Rubro-Negro contou com a força do elenco e, com um golaço de Isla e outro de Arrascaeta, em jogada de Marinho, garantiu os três pontos.



Com quatro pontos na tabela, o Flamengo volta a campo pelo Brasileirão nesta quarta: recebe o Palmeiras no Maracanã. Já o São Paulo tem compromisso pela Copa do Brasil: joga contra o Juventude, em Caxias do Sul, pela terceira fase.

PRESSÃO DO FLAMENGO DÁ RESULTADO

Apesar dos oito baixas, o Flamengo confirmou a evolução dos últimos jogos e, antes dos cinco minutos, viu o goleiro Jandrei impedir dois gols. A marcação, feita no campo de ataque e com linhas próximas, atrapalhou o São Paulo e, em dois lances consecutivos, o time de Paulo Sousa roubou a bola próximo à área.



Primeiro, Gabigol recuperou a bola e serviu Everton Ribeiro, mas o chute parou no braço esquerdo de Jandrei. Um minuto depois, aos quatro, Arrascaeta desarmou o adversário e cruzou para o camisa 9. O goleiro do São Paulo, outra vez, fez bela defesa, e impediu que o atacante abrisse o placar naquele lance.

Aos 24, contudo, Jandrei não teve o que fazer. Em mais uma roubada de bola no campo ofensivo - dessa vez de João Gomes -, a bola chegou em Lázaro, que deu assistência perfeita para Gabi, que finalizou rasteiro: Flamengo na frente.



DISCUSSÕES, FALTAS E EMPATE DO TRICOLOR!

Outro aspecto dominante no primeiro tempo foram as faltas: 20 no total, sendo 14 cometidas pelo São Paulo, que encontrou assim uma forma de parar Arrascaeta e João Gomes, principalmente. Cada um sofreu quatro faltas antes do intervalo. As muitas interrupções também deixaram o jogo mais nervoso. Ex-companheiros, Gabigol e Rafinha discutiram, e ambos receberam cartões.

Em meio às faltas, houve tempo para David Luiz perder uma chance clara, em cobrança de falta, mas o zagueiro estava em posição de impedimento. Depois, o São Paulo conseguiu trocar passes na entrada da área do Flamengo até que Rafinha, da intermediária, cruzou. Na verdade, o lateral tocou no Calleri, que subiu mais alto que Rodinei. Na primeira finalização certa, o Tricolor empatou.



ETAPA FINAL COMEÇA ABERTA...

Rogério Ceni voltou com Gabriel Sara no lugar de Pablo Maia, e o São Paulo passou a ter mais a posse de bola. As jogadas que funcionaram para o Tricolor continuaram sendo aquelas que buscaram Calleri dentro da área. Aos nove, o cruzamento atravessou a área de Hugo. Por pouco, o camisa 9 não alcançou.

MAS BANCO DO FLAMENGO RESOLVE!

Diante desse cenário, Paulo Sousa acionou Marinho e Isla, e os substitutos de Lázaro - que teve grande atuação - e Rodinei - que não foi bem - resolveram a parada. O lateral chileno, que busca recuperar espaço no grupo, recebeu de João Gomes e deu uma de ponta: driblou para o meio e finalizou de esquerda: um golaço, que fez o Maracanã explodir e todo o time correr para abraçar Isla.

Três minutos depois, foi a vez de Marinho desequilibrar. Aberto pelo lado esquerdo, o atacante repetiu o movimento: cortou para a faixa central do campo e bateu de direita. A finalização (ou o cruzamento) foi desviada por Arrascaeta, deixando Jandrei estático. Com o 3 a 1 no placar, o São Paulo não teve mais reação. Ao Flamengo, restou aguarda o apito final para celebrar.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário