Andreas chora e desabafa pela 1ª vez após erro: 'Por que fiz aquilo?'




Espn: O Flamengo foi vice da Conmebol Libertadores de 2021 com Andreas Pereira sendo o vilão por perder a bola para Deyverson no gol da vitória do Palmeiras por 2 a 1. De lá para cá, muita pressão, cobrança, apoio e indefinição sobre o futuro. E o meia quebrou o silêncio.



Em entrevista ao ge, o camisa 18 abriu o jogo. Respondeu sobre a indefinição do imbróglio de sua compra, antes acertada com o Manchester United e que no momento está perto de ser cancelada pela diretoria rubro-negra, e comentou também do fatídico lance que o incomoda até hoje.

Pela primeira vez, o jogador tocou no assunto e se emocionou. Foi às lágrimas ao lembrar da jogada. E revelou que se questiona após ver o lance 'um milhão de vezes': 'Por que eu fiz aquilo?'.



"Eu já vi um milhão de vezes. No momento, estava muito claro o que eu ia fazer e a bola acabou escapando. Já vi um milhão de vezes para ver o que aconteceu, o que poderia ter feito. Não só vi, tive vários sonhos".

"Sempre lembro da ação e falo: "Por que eu fiz aquilo?". Agora, eu tento olhar nos gols que eu fiz e focar nas coisas positivas", disse Andreas.

Em campo, Andreas teve boa atuação em meio a uma partida tensa e de pouco espaço. O camisa 18, ao lado de Arrascaeta, era responsável pela criação do time do Flamengo. E correspondia até o fatídico lance que perdeu a bola para Deyverson.



"Para mim, dentro de campo, a final foi um dos jogos que me senti melhor. Não estava acreditando que aquilo tinha acontecido comigo em uma bola que arrisco 100 vezes nos jogos e nunca tinha perdido. Justamente na final, no título que eu mais queria ganhar, vim para o Brasil para ganhar esse título, e teve que acontecer comigo. Não quero que aconteça com nenhum companheiro e fiquei muito triste, foi uma decepção, mas...como vou dizer? Foi um momento de tristeza. Foi difícil", disse Andreas, que revela onde buscou força.

"Na primeira semana, minha família me ajudou bastante, a minha mulher... Mas agora tento pensar em coisas positivas. Aquele lance não vai apagar o que eu fiz pelo Flamengo antes e o que eu posso fazer ainda. Sou maior do que somente um lance que aconteceu", completou.



Para ficar no Flamengo, Andreas deveria ser comprado por 10 milhões de euros, cerca de R$ 50 milhões. No primeiro momento, a compra estava certa, mas deve subir no telhado pela irregularidade na atual temporada e o momento financeiro do clube. O meio-campista preferiu não dar opinião.

"Estou fazendo o meu esforço, mas não posso opinar se é muito caro ou barato. Às vezes, o jogador quando é muito barato eles pensam: 'Hum, alguma coisa não está certa'. Então, jogador caro é bom", disse Andreas, para finalizar.

"Tenho contrato até junho e sempre vou fazer o meu melhor para o Flamengo. Estou focado e positivo para o que vier. Só quero agradecer a torcida, os companheiros, e tudo que estão fazendo por mim e fizeram. Realmente, foi difícil, muito difícil depois da final, mas é algo que eu dentro de mim já superei. Já coloquei para trás e estou olhando para frente mais tranquilo. Tenho certeza que tenho qualidade suficiente para reverter essa situação", finalizou.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.