Após 50 dias e com semana livre para treinos, Paulo Sousa busca corrigir oscilações durante jogos




Lance!: Há exatamente um mês, o torcedor do Flamengo via a estreia de Paulo Sousa sob o comando do clube, que ouviu, atendeu a pedidos do treinador ainda nos primeiros dias de trabalho e o deu a "chave" do vestiário. Já se foram oito jogos, com um aproveitamento de 70,8%, num período marcado por atitudes radicais do português, seja nos novos métodos do dia a dia, no modelo tático ou nas cobranças públicas por mais "fome" do elenco. 



Ao longo de 50 dias, Paulo Sousa, que começou a aplicar treinos no dia 10 de janeiro, foi de implementação de telão ao lado do campo, passando por GPS de última geração à aparelho de realidade virtual para auxiliar na recuperação de atletas como instrumentos otimizadores. 

O elenco constantemente elogia a intensidade dos trabalhos, mas o técnico ainda não se encontra satisfeito com o ritmo oscilante do time ao longos dos jogos. Esta foi só uma das deficiências já expostas em entrevistas coletivas.



Além do esquema, com três zagueiros (utilizado em sete dos oito jogos), uma de suas mudanças significativas foi na meta rubro-negra: Hugo Souza passou a ser titular, enquanto Diego Alves foi para o banco. Ambos têm falhado e feito o Fla se preocupar em contratar um novo goleiro. 

Em relação aos atletas de linha, Sousa tem mantido o sistema de rodízio a fim de dar rodagem, equilibrar fisicamente, evitar lesões musculares e dar homogeneidade ao plantel. Ele muda, como escalar Everton Ribeiro de ala-esquerdo, e não deixa de cobrar: Marinho, por não trabalhar coletivamente como desejado, e Pedro, por ser "muito estático", já ouviram cornetas também via coletiva, por exemplo.



Ciente de suas rígidas exigências táticas, Gabigol elogia o Mister:

- Creio que estamos crescendo pouco a pouco, colocando em prática o que estamos fazendo no treino. Óbvio que faltam algumas coisinhas, mas, com o tempo, vamos melhorar. O Paulo tem feito um grande trabalho, uma grande trabalho mesmo. Estamos confiantes de que vamos fazer um grande ano.

Gabi é um dos 26 jogadores já utilizados por Paulo Sousa. Até o momento, o treinador ainda não repetiu escalação de um jogo para o outro (veja todas e os números abaixo), e dificilmente o fará contra o Vasco, na próxima rodada, já que Arrascaeta, peça-chave do time, iniciou no banco contra o Resende. 



Seguindo seus ideais e com respaldo para ser radical em suas atitudes, Paulo Sousa tem nesta semana a primeira dedicada apenas a treinamentos desde a sua estreia. Ou seja, um intervalo importante para o Mister aliar a correção das fragilidades já expostas do time com cobranças internas para embalar e amenizar o vice da Supercopa do Brasil, às vésperas das importantes decisões no Carioca. 

Os números de Paulo Sousa no Flamengo:

JOGOS - 8
Vitórias - 5
Empates - 2
Derrotas - 1
Aproveitamento - 70,8%
Gols marcados - 19
Gols sofridos - 8

Todas as escalações de Paulo Sousa:

- Flamengo 3x0 Boavista (3ª rodada do Carioca)
Hugo Souza; Gustavo Henrique (David Luiz, 16'/2ºT), Noga e Cleiton; Matheuzinho, João Gomes (Willian Arão, 16'/2ºT), Thiago Maia e Renê (Everton Ribeiro, Intervalo); Vitinho, Marinho (Gabigol, Intervalo) e Pedro (Rodinei. 27'/2ºT) - Técnico: Paulo Sousa.

- Flamengo 0x1 Fluminense (4ª rodada do Carioca)
Hugo; Rodinei (Isla, 38'/2ºT), Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Andreas Pereira (João Gomes, 15'/2ºT), Diego (Marinho, 6'/2ºT), Arrascaeta (Lázaro, 38'/2ºT) e Everton Ribeiro (Vitinho, 15'/2ºT); Gabigol - Técnico: Paulo Sousa.

- Flamengo 2x1 Audax (5ª rodada do Carioca)
Hugo Souza; Isla, Léo Pereira e Filipe Luís (Cleiton, 13'/2ºT); Matheuzinho (Everton Ribeiro, 32'/2ºT), Andreas Pereira; Thiago Maia (Willian Arão, 13'/2ºT), Lázaro e Arrascaeta (Marinho, 13'/2ºT); Gabigol e Pedro (Diego, 41'/2ºT) - Técnico: Paulo Sousa.

- Flamengo 5x0 Nova Iguaçu (6º rodada do Carioca)
Hugo Souza; Fabrício Bruno, Gustavo Henrique (Filipe Luís, 15'/2ºT) e Léo Pereira (Pedro, 34'/2ºT); Rodinei, Willian Arão, João Gomes (Diego, 15'/2ºT), Arrascaeta e Everton Ribeiro (Renê, 34'/2ºT); Marinho (Vitinho, 15'/2ºT) e Gabigol - Técnico: Paulo Sousa.

- Madureira 1x2 Flamengo (7ª rodada do Carioca)
Diego Alves; Isla (Matheuzinho, 18'/2ºT), Noga, Cleiton e Renê (David Luiz, 28'/2ºT); João Gomes, Andreas Pereira (Willian Arão, 39'/1ºT) e Diego; Vitinho (Bruno Henrique, 18'/2ºT), Marinho (Everton Ribeiro, intervalo) e Pedro - Técnico: Paulo Sousa.

- Atlético-MG 2(8)x(7)2 Flamengo (Supercopa do Brasil)
Hugo Souza; Rodinei (Matheuzinho, 37'/2ºT), Fabrício Bruno, David Luiz e Filipe Luís (Filipe Luís, 37'/2ºT); Willian Arão, João Gomes, Everton Ribeiro (Lázaro, 17'/2ºT) e Arrascaeta (Vitinho, 37'/2ºT); Bruno Henrique (Diego, 26'/2ºT) e Gabigol - Técnico: Paulo Sousa.

- Botafogo 1x3 Flamengo (8ª rodada do Carioca)
Hugo Souza; Fabrício Bruno, David Luiz (Filipe Luís, 24'/2ºT) e Léo Pereira; Willian Arão (João Gomes, 20'/2ºT), Andreas Pereira, Matheuzinho, Lázaro (Vitinho, 24'/2ºT) e Arrascaeta (Marinho, 31'/2ºT); Pedro (Bruno Henrique, 20'/2/ºT) e Gabigol - Técnico: Paulo Sousa.

- Flamengo 2x2 Resende (9ª rodada do Carioca)
Diego Alves; Fabrício Bruno, Léo Pereira (David Luiz, intervalo) e Filipe Luís (Lázaro, 40'/2ºT); Rodinei, João Gomes (Willian Arão, intervalo), Andreas Pereira, Everton Ribeiro (Vitinho, 21'/2ºT); Bruno Henrique, Pedro (Arrascaeta, intervalo) e Gabigol - Técnico: Paulo Sousa.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.