Agora é pelo tetra! Flamengo volta a vencer o Vasco e vai à final do Carioca




Lance!: Presença dos investidores, bons chutes de fora do Nene e um time mais ousado para atacar. O Vasco até que tentou, neste domingo chuvoso, mas o Flamengo confirmou o favoritismo, fez valer a significativa vantagem, voltou a vencer, desta vez por 1 a 0 (2 a 0 no agregado), com gol de Willian Arão, e se classificou à final do Campeonato Carioca. 



DEMOROU A ENGRENAR, MAS DEPOIS ANIMOU

O jogo demorou a engrenar. Ao menos em relação a criações de jogadas perigosas, já que o clima de decisão se fez presente desde o apito inicial. O Vasco entrou com Figueiredo e foi mais agressivo, como se esperava, e teve mais a bola do que o Flamengo em boa parte do primeiro tempo. Pegado, o clássico teve o Cruz-Maltino vendo Hugo salvar o que seria o gol inaugural. Nene arriscou de fora, e o goleiro tirou a bola do caminho do ângulo.

As torcidas se empolgaram ainda mais. A chance do camisa 10 ocorreu por volta de 25 minutos. E no lance seguinte, o Flamengo foi no embalo e respondeu com Pedro, que parou em Thiago Rodrigues, e depois Gabi, que não conseguiu aproveitar o rebote e ficou na zaga. Antes do intervalo, Nene ainda arriscou outra da entrada da área. A bola passou rente ao travessão.



TÁ BEM, ARÃO!

Os times voltaram sem alterações. E, já sob forte chuva, o Vasco seguiu dando as cartas, mesmo com uma colossal inferioridade técnica, e levou perigo com novos arremates de distância média - com Nene, de novo, e Edimar, em seguida, obrigando Hugo a sujar o uniforme pela segunda vez. Mas foi Arão quem abriu o placar, após jogada de escanteio, aos nove minutos. O volante comemorou dando socos no ar naquele lance que seria o nocaute para os rivais.

RITMO DE TREINO NO FLA

O Flamengo não foi incomodado posteriormente. O jogo entrou em ritmo de treino, bem administrado pelo time de Paulo Sousa, que passou a ter Vitinho e e Marinho abertos para puxar contra-ataques (e ocorreram bons, de levantar a torcida) diante de um arquirrival entregue e sem fôlego. Mas o placar preguiçoso se manteve e assegurou o Rubro-Negro na quarta final consecutiva do Estadual. A busca agora é pelo inédito tetra. 



AS FINAIS DO CARIOCA

Agora, o Flamengo aguarda o vencedor do confronto entre Fluminense, que tem a vantagem do placar igual, e Botafogo. Em dois jogos, as finais serão realizadas nos dias 30 ou 31 de março e 2 ou 3 de abril. Já o Vasco só joga no dia 9 de abril, a sua estreia na Série B (contra o Vila Nova, em casa).

FICHA TÉCNICA
Flamengo x Vasco - Volta da semifinal do Carioca
Data e horário: 20/03/2022, às 16h (de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Rafael Martins de Sá
Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro e Carlos Alves de Lima Filho
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga
Público/renda: 54.931 pagantes / 58.478 presentes / R$ 1.878.995,00
Gramado: ótimo
Cartões amarelos: Gabigol, João Gomes (FLA) / Nene, Gabriel Pec, Luiz Henrique (VAS)
Cartões vermelhos: -

GOLS: Willian Arão, 9'/2ºT (1-0)

FLAMENGO (Técnico: Paulo Sousa)
Hugo; Fabrício Bruno, David Luiz (Léo Pereira, 24'/2ºT) e Filipe Luís; Rodinei (Matheuzinho, 5'/2ºT), Willian Arão, Gomes, Lázaro (24'/2ºT) e Arrascaeta (Marinho, 25'/2ºT); Pedro e Gabigol (Everton Ribeiro, 37'/2ºT).

VASCO (Técnico: Zé Ricardo)
Thiago Rodrigues; Léo Matos (Weverton, 37'/1ºT), Anderson Conceição, Quintero, Edimar; Zé Gabriel (Yuri 16'/2ºT), Juninho (Luiz Henrique, 16'/2ºT), Nenê, Figueiredo, Gabriel Pec (Bruno Nazário, 30'/2ºT) e Raniel (Vitinho, 30'/2ºT).


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Gilv an de Souza
Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.