domingo, 26 de dezembro de 2021

"Difícil dizer ‘não’ para o melhor clube do mundo" disse Paulo Sousa ao presidente da federação polonesa, que ainda tenta segurar treinador




Torcedores.com: Responsável pela contratação de Paulo Sousa, Zbigniew Boniek, lenda do futebol polonês, se mostrou decepcionado com o treinador. Apesar do vínculo até março de 2022, o técnico solicitou a rescisão contratual, que ainda não foi aceita. Sendo assim, o ex-jogador apontou que o comandante da seleção polaca não possui multa rescisória, motivo pelo qual seu futuro está nas mãos da federação.



“Se tivéssemos isso escrito no contrato, digamos de 500 mil euros, seria uma via de escape que permitiria aos interessados pagar essa verba a qualquer momento. Mas a ausência dessa cláusula significa que o Paulo Sousa não pode desvincular-se da federação durante o seu contrato”, disse ao programa “Prawda Futbolu”.

“O contrato (na Polônia) é bom e deixa bem claro que ele não pode assumir outros cargos enquanto estiver com a Federação Polonesa. Se o fizer, irá quebrar esse contrato. E essa é uma das quatro ou cinco cláusulas que permitem a rescisão do contrato por parte da Federação sem qualquer encargo. Mas trata-se de um contrato que é praticamente impossível de terminar, a menos que a Federação o queira. Encaramos isto como um grande escândalo e já tivemos muitas situações como esta”, completou.



De acordo com o jornal “Przegląd Sportowy“, Paulo Sousa vem tentando a liberação do seu atual vínculo. Porém, a federação polonesa vem adotando uma postura irredutível, algo que pode atrasar sua chegada ao Flamengo.

“Gostaria de ser dispensado, acho que é o melhor momento. Já recusei muitas propostas antes, mas é difícil dizer ‘não’ para o melhor clube do mundo“, disse o técnico ao presidente da federação.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário