sábado, 18 de dezembro de 2021

Com café e reuniões no roteiro, Braz promete técnico à altura para o Flamengo: "Temos alvo e planejamento"




Por Fred Gomes e Fred Huber | GE: Sem técnico desde a saída de Renato Gaúcho, o Flamengo vai intensificar a busca a partir desta sexta, quando Marcos Braz e Bruno Spindel viajam para a Europa. Lisboa é a porta de entrada, mas o roteiro da dupla prevê muitos cafés e reuniões em mais cidades, não necessariamente só em Portugal.



A ideia é que tudo esteja resolvido até o Natal, e alguns nomes estão no radar, como os portugueses Carlos Carvalhal (Braga), Paulo Fonseca (sem clube) e Paulo Sousa (seleção da Polônia), além, claro, de Jorge Jesus .

- A gente já tem uma agenda pré-definida não em função de ser plano A, B ou C. Em função da logística. Se eu não voltar (antes do Natal), eu vou morrer em casa. Temos cinco ou seis dias para acertar. Não ficaremos somente em Lisboa, vamos andar por lá. Temos alvo e planejamento. Vamos fazer com cuidado, calma, mesmo que seja imposta para nós uma força extra para essa contratação. Queremos o mais rapidamente possível, mas vamos em cima da segurança. Não tenham dúvida que o Flamengo vai contratar um profissional à altura do Flamengo e à altura para ganhar os títulos que ganhamos nos últimos três anos - disse Braz após sua posse como vice-presidente de futebol para o próximo triênio.



Apesar de o cenário não ser de otimismo para o Flamengo, está nos planos tomar um café com Jorge Jesus, que tem vínculo com o Benfica, mas a direção rubro-negra quer um papo olho no olho.

- Temos uma relação construída com ele. O Jorge sabe muito bem como foram as nossas primeiras conversas. Ele sabe o que botou na mesa para vir ao Brasil. Ele conhecia o Flamengo, tínhamos conhecidos em comum. E ele sabe que tudo que tratei com ele eu cumpri. Eu tenho esse crédito com ele. Ele tem situação contratual, mas toda vez que vou a Portugal eu encontro com ele. Para mim seria uma decepção eu ir para Portugal e ele não pagar um café - disse Braz.



Outro nome que agrada, mas que tem vínculo com o Fenerbahçe, é o também português Vítor Pereira. Qualquer possível conversa só aconteceria após o clássico com o Besiktas, no domingo.

- Temos análise e alvo, mas existem situações de técnicos com contrato. Existem situações de técnicos que têm de tomar decisão de vida, não só esportiva. Quando Jesus foi embora, a gente tinha um alvo encaminhado, que era o Carvalhal. Ele, por um problema pessoal, não pôde vir. Não é só o cara querer treinar o Flamengo. É saber se tem troca de vida. Ainda mais se tiver filho. Isso não é brincadeira. Não é problema nosso, a gente faz as tratativas, e o Flamengo oferece uma estrutura para essa troca de vida. Mas o treinador tem que querer - disse Braz.



Marcos Braz também comentou sobre a possibilidade de aproveitar a viagem para tentar alguma negociação de reforços. Ele afirmou que o Flamengo está aberto a oportunidades, mas que a prioridade será a busca pelo técnico.

- Estamos indo em cima do planejamento do técnico. Você está lá e encontra uma oportunidade... Essa janela é um pouco ingrata na Europa, é uma janela de ajustes. É jogador que teve problema de relação com o clube, jogador que teve um ponto de adaptação. São coisas externas que fazem jogador mudar de clube nessa época do ano na Europa. Se tiver oportunidade, não é porque estou tratando de técnico que não vou ouvir situação - encerrou.

Enquanto a diretoria tenta contratar sua comissão técnica, o elenco do Flamengo está de férias e se reapresenta no dia 10 de janeiro.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: André Durão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário