terça-feira, 7 de dezembro de 2021

Alvo do Flamengo, Carvalhal “quase chorou” em reunião com dirigentes




Torcedores.com: Cotado para estar à frente do Flamengo no próximo ano, Carlos Carvalhal já foi alvo do Rubro-Negro em 2020. Após a saída de Jorge Jesus, o técnico, que havia se destacado no Rio Ave, foi procurado pelo time carioca. De acordo com Eric Faria, ele ficou feliz com o interesse e chegou a dizer “sim”, mas acabou recuando por conta dos efeitos da pandemia no Brasil, tendo em vista que seu filho, que possui um problema de saúde, poderia ser atingido.



“O Carlos Carvalhal estava saindo do Rio Ave e fez de duas a três reuniões com o Flamengo. O Carvalhal deu ok e disse que viria para o Flamengo. O departamento de futebol achou bom e que tinham achado a pessoa que eles queriam, só que o Brasil vivia um momento muito crítico da pandemia e o Carvalhal tem um filho que tem um problema de saúde, que não é sério, mas que requer cuidado e naquele momento, qualquer pessoa com problema de saúde não viria para o Brasil na época”, disse o repórter no programa “Seleção SporTV“.

Sem poder aceitar o convite, Carvalhal lamentou o fato de ter que voltar atrás na decisão, algo que ficou nítido em sua expressão. Agora, o Flamengo pode bater novamente em sua porta e o desfecho das negociações tem chances de ser diferente. Porém, o acordo depende do Braga aceitar uma rescisão contratual do técnico.



“Na última reunião, o Carvalhal quase chora pra dizer não para o Flamengo. Ele ficou muito consternado com a situação e disse os motivos pelos quais não poderia vir, nessa o Flamengo ficou sem saber o que fazer e apareceu a opção do Dome (…) O Flamengo tem o Carvalhal de novo no horizonte, entende que ele já cumpriu a meta dele. O Braga entende que o Carvalhal quer trabalhar no Flamengo, mas tem que ter um substituto. Romper um contrato no meio de temporada é um transtorno para o europeu, isso pesa contra”, completou.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário