terça-feira, 9 de novembro de 2021

Gabigol se manifesta após ser vítima de dois graves erros de arbitragem em partida contra a Chape




90MIN: O empate em 2 a 2 entre Chapecoense e Flamengo na última segunda-feira (8) fez o rubro-negro se distanciar ainda mais da briga pelo título do Brasileirão, mas o tropeço diante do lanterna foi marcado por decisões erradas da arbitragem capitaneada por Denis da Silva Ribeiro Serafim.



"Contra tudo e contra todos, seguimos juntos sempre", publicou o camisa 9 do Fla em uma postagem nas redes sociais. Os lances mais contestados envolvem uma disputa de bola entre o atacante e o goleiro Keiller no primeiro tempo, o que seria pênalti, além de um impedimento marcado escandalosamente, sem seguir o protocolo de deixar o jogo seguir, onde o atacante estava antes da linha do meio campo e já tinha conseguido deixar o goleiro para traz, quando o juiz paralisou o jogo.

Com este resultado, o Flamengo segue a 11 pontos do líder Atlético-MG, que tem um jogo a mais. O rubro-negro ainda aguarda a CBF agendar o confronto diante do Grêmio válido pela 2ª rodada.



"Os dois erros que aconteceram foram inacreditáveis. (...) Todo mundo vai falar que estou dando desculpa porque não conseguimos vencer a partida. Concordo que cometemos erros contra uma equipe praticamente rebaixada, mas que sempre teve nosso respeito. Até perguntei se o VAR estava presente, porque não é possível ele não chamar o árbitro no pênalti do Gabriel. Não sou eu que vou dar aula de regras, mas eu leio e sei qual o protocolo. Em momento algum o goleiro procura a bola. É pênalti legítimo e expulsão do goleiro. (...) Depois, o Gabriel está na minha frente, eu vejo que não está impedido, grito para ele, que recebe a bola e parte. Cadê o protocolo que uma criança de cinco anos sabe que tem que deixar a jogada terminar para depois o VAR revisar. Hoje, na pior das hipóteses seria um impedimento duvidoso, e ela levantou a bandeirinha", completou o técnico Renato Gaúcho na entrevista coletiva em Chapecó.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário