sexta-feira, 12 de novembro de 2021

CBF não divulgará os áudios de VAR de Flamengo x Chape, jogo do impedimento de Gabigol antes do meio-campo




Por Rodrigo Matos | Uol: A CBF não divulgará os áudios do VAR de Chapecoense x Flamengo porque não houve revisão dos dois lances reclamados pelo time rubro-negro. Foi marcado um impedimento de Gabigol em lance em que ele partiu de antes do meio-campo, e não marca um suposto pênalti no atacante. Isso gerou revolta na diretoria rubro-negra. 



A partida terminou empatada por 2 x 2. Ainda no primeiro tempo, a auxiliar Brígida Ferreira levantou a bandeira no lance em que Gabigol arrancou de seu campo. Havia um defensor da Chapecoense no seu campo de defesa. Ou seja, ele estava duplamente legal. O árbitro Dênis Serafim confirmou a decisão. 

Quando a jogada foi paralisada, Gabigol tinha driblado o goleiro Keiller e estava com o gol vazio a sua frente. Pelo protocolo do VAR, há uma recomendação aos auxiliares de não levantar a bandeira em lances duvidosos e deixar o lance correr. Assim, o VAR pode verificar posteriormente a validade do lance. A CBF confirmou que não houve revisão deste lance. 



Também não houve revisão do lance em que Gabigol e o goleiro Keiller disputam a bola, que gerou um pedido de pênalti. Como não houve revisões na cabine do VAR, ou de impedimento, não foram divulgados os áudios.

Quando anunciou a publicação dos vídeos do VAR, a CBF informou que só o faria com as revisões: "É necessário ressaltar que serão divulgadas, na íntegra, as imagens e áudios das revisões realizadas pelo VAR, ou seja, lances em que o árbitro vai até a cabine de revisão ou quando há uma revisão factual com mudança da decisão de campo."



E lembrou que, pelo protocolo do VAR, há outras checagens feitas pela cabine, mas que não se transformam em revisões: "Além dessas, durante uma partida a equipe na sala de operação do VAR realiza dezenas de checagens, a maioria delas de forma silenciosa (sem precisar comunicar o árbitro de campo). Por fins de objetividade, portanto, apenas as revisões serão disponibilizadas."

- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário