segunda-feira, 4 de outubro de 2021

Flamengo tem planos para pós-aposentadoria de Diego Ribas; entenda




Torcedores.com: O Flamengo deve anunciar nos próximos a renovação de contrato de Diego Ribas por mais uma temporada. No entanto, os planos do clube em relação ao camisa 10 não param por aí. E não se limitam só ao que ele pode produzir em campo.



O Torcedores.com apurou que por conta da identificação com o clube, da experiência e liderança do jogador dentro do elenco, a diretoria planeja que ele ocupe alguma função no departamento de futebol depois de se despedir dos gramados.

Ainda segundo apurou a reportagem, o cargo que Diego Ribas ocuparia está sendo discutido internamente pelo presidente Rodolfo Landim, o vice de futebol Marcos Braz e o diretor executivo Bruno Spindel.



O futuro de Diego Ribas ainda é uma incógnita. O jogador ainda não definiu o que pretende fazer após pendurar as chuteiras. Há a possibilidade de seguir os passos de Juan Santos, ex-zagueiro do Flamengo, que atualmente é gerente técnico do clube.

De acordo com fontes ligadas a diretoria, o desejo no Flamengo é de que Diego Ribas exerça uma função com maior relevância. O cargo de diretor esportivo, muito comum nos principais clubes europeus, é uma possibilidade.



O nome do meio-campista é visto no clube como ideal para atuar na prospecção do Flamengo no exterior. Afinal, a cria do Santos teve uma carreira importante no futebol europeu passando por Porto, Werder Bremen, Juventus, Wolfsburg, Atlético de Madrid e Fenerbahçe.

É por conta deste perfil que o presidente Rodolfo Landim não pretende perder Diego Ribas quando ele encerrar a carreira. Dentro de campo, o camisa 10 já deu muito retorno ao clube. E quando se aposentar, poderá contribuindo fora das quatro linhas nos bastidores do Flamengo.



Os números de Diego Ribas no Flamengo

Contratado ainda gestão Eduardo Bandeira de Mello, Diego Ribas teve chegada apoteótica no Flamengo com direito a aeroporto lotado, trio elétrico e uma verdadeira romaria até a Gávea em 2016. De lá para cá, disputou 241 partidas e marcou 40 gols.

Nesse ínterim, o ídolo rubro-negro passou a integrar a geração mais vitoriosa após a “era” Zico. Pelo clube, venceu a Recopa Sul-Americana (2020), a Copa Libertadores da América (2019), o Campeonato Brasileiro (2019 e 2020), a Supercopa do Brasil (2020 e 2021) e o Campeonato Carioca (2017, 2019, 2020 e 2021). 


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário