domingo, 3 de outubro de 2021

4 fatores que ajudam a explicar o sucesso imediato de Andreas Pereira no Flamengo




Por Nathália Almeida | 90 MIN: Na tarde deste domingo (3), Andreas Pereira deixou o gramado do Maracanã com o status de craque da partida na vitória do Flamengo por 3 a 0 sobre o Athletico-PR, em duelo válido pela rodada 23 do Brasileirão.



Esta não foi a primeira, nem a segunda e certamenta não será a última grande exibição do jovem meio-campista com a camisa do Rubro-Negro, que parece ter sido feita sob medida para ele. Mas como explicar esse encaixe imediato de um jogador que, até então, nunca havia atuado no futebol brasileiro?

A seguir, elencamos 4 fatores que ajudam a explicar o sucesso instantâneo de Andreas Pereira na Gávea:



1. Jogo moderno

Nascido na Bélgica e formado no futebol europeu - fez base no PSV e posteriormente no Manchester United, clube ao qual segue vinculado -, Andreas Pereira é a perfeita representação daquilo que podemos chamar de jogador moderno: sabe defender e atacar com a mesma qualidade, intensidade e inteligência.

Ao chegar a um dos clubes brasileiros que olha para o futebol europeu como modelo e aposta há longos anos em contratações de atletas com histórico de sucesso no Velho Continente, o camisa 18 se sentiu em sua zona de conforto: não precisaria mutilar suas características para jogar.



2. Personalidade

Venhamos e convenhamos, não é fácil chegar ao Brasil para sua primeira experiência no país vestindo logo de cara a camisa do atual bicampeão nacional, dono de uma das maiores (e mais exigentes) torcidas do mundo.

Ter personalidade é fundamental para conseguir sucesso neste cenário de pressão e grande desafio, e isso é uma característica que não parece faltar ao meio-campista. Sempre corajoso para jogar, não se omite dentro das quatro linhas e dá sinais de que, mesmo em meio a uma constelação, quer ser um líder moral e técnico deste time.



3. Diálogo com Arão e 'complementaridade'

Para que Andreas Pereira possa se destacar naquilo que muitos enxergam como seu ponto forte - o apoio ao ataque, pisando na área ou finalizando de média distância -, alguém precisa ser a segurança de que a retaguarda rubro-negra não ficará desguarnecida. E este alguém é Willian Arão, que depois de alguns anos sendo questionado pelo torcedor, tornou-se peça fundamental para o equilíbrio deste time.

Muito combativo e preciso nos desarmes, o "cincão" do Fla complementa Andreas, e vice-versa. Assim, suas potencialidades são alavancadas e ambos podem explorar as características que têm de melhor.



4. Ambiente positivo

Além de todos os fatores citados anteriormente, o fato de ter chegado a um clube de excelente ambiente, ainda mais pacificado após a chegada do 'agregador' Renato Gaúcho, também colaborou muito para essa explosão imediata de Andreas Pereira no Flamengo.

Entregar rendimento e bom nível de atuações em um cenário positivo, de grande otimismo, é muito mais fácil do que chegar em um clube onde o cenário é de "terra arrasada", onde a carga de expectativa e a cobrança do torcedor tendem a ser hiperdimensionadas.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Pool/Getty Images

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário