terça-feira, 5 de outubro de 2021

Com Arrascaeta e Everton Ribeiro em campo, Flamengo de Renato tem média de gols 193% maior




Por Roberto Maleson | GE: Desfalques de peso! O Flamengo não poderá contar com Isla, Arrascaeta, Everton Ribeiro e Gabigol contra o Bragantino, Fortaleza e Juventude pelo Campeonato Brasileiro. Destes nomes, chama a atenção a importância da dupla de meias.



Responsáveis pelo setor criativo, Everton Ribeiro e Arrascaeta conseguem aumentar a produtividade do setor ofensivo rubro-negro e, com eles em campo, o time tem uma média de gols 193% maior, se comparado aos jogos em que pelo menos um dos dois não atuou com Renato Gaúcho.

Nos 21 jogos de Renato pelo Flamengo, a dupla atuou junto em 15 partidas. Foram 14 vitórias e apenas uma derrota (4 a 0 para o Inter no Maracanã). O aproveitamento de 93,3% é 32,2 pontos percentuais maior do que o rendimento do time sem os dois em campo.



Everton Ribeiro e Arrascaeta não jogaram junto em apenas seis compromissos com o treinador, sendo três vitórias, dois empates e uma derrota. O aproveitamento de 61,1% reforça o peso da ausência dos dois em campo.

Principalmente quando o assunto é gol. Nestes seis jogos sem pelo um dos dois, o Flamengo marcou apenas sete vezes. O que dá uma média de 1,16 gol por partida. Quando observa-se os 15 jogos que a dupla jogou junto com Renato, os gols sobem para 51 - uma média de 3,4 por duelo. Esta média é 193% maior do que sem a dupla em campo.



Lista dos jogos sem os dois juntos em campo, sob o comando de Renato Gaúcho:

ABC 0 x 1 Flamengo (nenhum dos dois jogou)
Ceará 1 x 1 Flamengo (só Everton Ribeiro jogou)
Flamengo 2 x 0 Barcelona de Guayaquil (só Everton Ribeiro jogou)
Flamengo 2 x 0 Grêmio (só Everton Ribeiro jogou)
Flamengo 0 x 1 Grêmio (só Everton Ribeiro jogou)
América-MG 1 x 1 Flamengo (nenhum dos dois jogou)

A lista acima mostra que Arrascaeta é a peça da dupla que mais desfalcou o Flamengo com Renato. Isso porque o uruguaio sofreu um estiramento na coxa esquerda no jogo contra o Palmeiras, na 20ª rodada do Brasileirão. O meia foi ausência de quatro partidas e retornou na partida de volta da semifinal da Libertadores, contra o Barcelona de Guayaquil.



Desempenho da dupla melhora com Renato Gaúcho

Sob o comando do novo treinador, o Flamengo desandou a marcar gols e aplicar goleadas. São 58 gols marcados em 21 jogos. Muitos deles com participação direta da dupla Arrascaeta e Everton Ribeiro.

O meia titular dos últimos jogos do Brasil justificou as convocações com uma melhora de desempenho considerável desde que Renato Gaúcho assumiu o time. Antes do técnico chegar na Gávea, o camisa 7 tinha apenas uma assistência em todos os 1302 minutos disputados até então na temporada.



Com Portaluppi, Ribeiro reassumiu o protagonismo em campo, marcou três vezes e deu sete passes para gol. Se antes, ele precisou de 1302 minutos para participar de um gol, esse tempo diminuiu para apenas 153 minutos. Uma redução de 88%.

Assim como Ribeiro, Arrascaeta também diminuiu seu tempo para participar de um gol pelo Flamengo nesta temporada. Antes de Renato, o uruguaio tinha seis gols e quatro assistências, com uma participação direta a cada 129 minutos. Com o treinador, o meia diminuiu um pouco os gols (3) e virou ainda mais garçom (9 assistências). Um gol ou assistência a cada 95 minutos.



A redução em 26% no tempo de participação direta em gol do uruguaio pelo Flamengo corrobora a melhora da eficiência ofensiva de Arrascaeta com Renato Gaúcho.

Veja as comparações completas na tabela abaixo:


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Marcelo Cortes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário