terça-feira, 28 de setembro de 2021

Flamengo chega para decidir vaga com vantagem que conseguiu apenas quatro vezes na Libertadores




Por Fred Huber | GE: Muitos torcedores do Flamengo não ficaram totalmente satisfeitos com o desempenho do time no 2 a 0 contra o Barcelona, no Maracanã, mas esta é apenas a quarta vez na história que o clube conseguiu construir uma vantagem de dois ou mais gols na história do mata-mata da Libertadores.


Nas outras três vezes, o Flamengo se classificou em duas ocasiões , contra o Minervén (VEN), em 1993, e contra o Internacional, em 2019. O único fracasso foi contra o América do México, em 2008.

Em 2019, Bruno Henrique foi o responsável pelos dois gols na vitória sobre o Inter, no Maracanã. Contra o Barcelona, na última quarta-feira, o atacante também foi o responsável pelos dois gols na vitória por 2 a 0.



Esta é a 17ª participação do Flamengo na Libertadores. Antes dos anos 90, a forma de disputa era diferente da atual, sem duelos eliminatórios de ida e volta. As semifinais, por exemplo, eram em grupos com três clubes e o primeiro colocado ia para a final.

Diego Alves tem bom retrospecto em mata-mata

Para se classificar para a final, o time pode perder por um gol de diferença ou dois, desde que marque ao menos um. Desde a edição 2018 até hoje, o goleiro Diego Alves disputou 16 partidas de fase mata-mata da Libertadores pelo Flamengo, e em apenas duas ele levou mais de um gol .



Foi no jogo das oitavas de final de 2018, a derrota por 2 a 0 para o Cruzeiro, no Maracanã (com gol de Arrascaeta para os mineiros), e na derrota por 2 a 0 para o Emelec, no Equador, nas oitavas da edição 2019, em que a equipe terminou campeã.

Flamengo e Barcelona se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h30, no estádio Monumental, em Guayaquil.



- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Marcelo Cortes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário