sexta-feira, 27 de agosto de 2021

Em meio a suposta 'insatisfação' Pedro faz publicação em suas redes sociais: "Nada além de trabalho"




Coluna do Fla: Na última quarta-feira (25), o Flamengo goleou o Grêmio por 4 a 0 fora de casa na Copa do Brasil e praticamente selou a classificação às semifinais do torneio. Entretanto, como estava com um jogador a menos, Renato precisou recompor a defesa e mexeu pouco no setor ofensivo. Com isso, o atacante Pedro não foi utilizado na partida e permaneceu no banco durante todo o confronto. Na noite desta quinta (26), o centroavante usou as redes sociais para se manifestar.



Em post feito no perfil oficial de seu Twitter, o atleta publicou um vídeo da FlaTV com seus lances no treino desta quinta (26), que ocorreu no centro de treinamento do Corinthians, o CT Joaquim Grava. “Trabalho e trabalho. Nada além de trabalho”, escreveu o camisa 21 Rubro-Negro.

Veja a publicação:


A expectativa de parte da torcida era a de que Pedro fosse titular, mas o atacante tem tido poucas oportunidades sob o comando de Renato. Vindo do banco, muitas vezes entrando a poucos minutos do fim ou mesmo nem chegando ser utilizado, em alguns momentos, o jogador é considerado um dos melhores camisas 9 do futebol brasileiro. Porém, o atleta enfrenta concorrência pesada no ataque e disputa posição com Gabigol. 



Renato Gaúcho chegou a afirmar que é complicado atuar com os dois juntos, porque, segundo o treinador, o time ficaria exposto quando tivesse sem a bola, já que nem Pedro e nem Gabigol teriam características de recompor na marcação. “Tentei colocá-lo várias vezes, inclusive, com o Gabriel em alguns jogos, mas tem jogos e jogos para que os dois possam jogar juntos porque com os dois, nenhum dos dois tem característica de voltar, e a equipe fica muito exposta”, disse o comandante.

E essa não utilização de Pedro causou certa polêmica na partida contra o Ceará, no último domingo (22), muito por parte da imprensa. Naquela ocasião, o ex-jogador e comentarista da TV Globo, Roger Flores, relacionou o fato de o atacante ficar de fora a uma possível determinação da diretoria ao treinador, pelo veto à sua ida às Olimpíadas. O treinador e o vice de futebol, Marcos Braz, negaram e garantiram que essa fala não tem sentido algum.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário