domingo, 18 de julho de 2021

Pelo Fla, Renato encara o Bahia, clube que fez o técnico "romper fronteira"




Renato Gaúcho chegou ao Flamengo com o status de um treinador que, nos últimos anos, conseguiu conquistas importantes. Ao acertar com o Rubro-Negro, ele retorna ao Rio de Janeiro, local onde começou a escrever a história como técnico. Hoje (18), em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro, seu time encara o Bahia, clube que o fez "romper" essa fronteira carioca e o catapultou a novos desafios à beira do gramado. O confronto, pela 12ª rodada, começa às 18h15.



Renato fará o primeiro jogo à frente do time rubro-negro na competição nacional e tenta deixar para trás a estreia que, apesar da vitória sobre o Defensa y Justicia, pela Libertadores, evocou muitas críticas. Com 15 pontos, o Fla está na oitava colocação, enquanto o Bahia, com 17, aparece em sexto.

Nascido no Rio Grande do Sul, cria e ídolo do Grêmio, Renato evidentemente tem forte ligação também com a Cidade Maravilhosa. Quando jogador, atuou por Flamengo, Botafogo e Fluminense. Foi no Tricolor carioca, no ano seguinte ao seu famoso gol de barriga na final do Carioca de 1995 contra o próprio Fla, que teve a primeira experiência no banco. Isso quando ainda era jogador. 



Após a aposentadoria, esteve, entre 2000 e 2009, à frente de Madureira, Fluminense e Vasco, com passagens alternadas nestes dois últimos. No fim de 2009, foi anunciado pelo Bahia para o que seria o primeiro trabalho fora do Rio de Janeiro, em 2010.

Naquela ocasião, o Tricolor baiano tentava superar a campanha ruim na Série B de 2009 e alcançar o acesso à elite. Renato conseguiu colocar o time nos trilhos e, após 13 rodadas, com a equipe na sexta colocação e colada ao G4, despediu-se para aceitar a proposta do Grêmio, para a primeira de três passagens até aqui. No fim da competição, o Bahia retornou à Série A após sete anos.



"Os méritos são do Márcio [Araújo], que pegou o Bahia pouco antes da metade do campeonato. Eu tenho uma participação porque, praticamente, 99% do grupo fui eu que montei, mas cada um tem seus méritos de acordo com sua proporção", disse ele, em novembro, quando estava no Tricolor gaúcho. 

O treinador passaria ainda por Athletico-PR, Fluminense mais uma vez e Grêmio, em outras duas oportunidades, antes de desembarcar no Flamengo. Na apresentação, comparou o Rubro-Negro à seleção brasileira.



"É um prazer estar aqui com essa oportunidade para treinar esse grande clube. Há uns três anos eu falei que tinha esse sonho e estou realizando. Todo treinador tem de pensar grande e alto. Treinar o Flamengo é a mesma coisa que treinar a seleção brasileira", disse. 

Agora, na Gávea, Renato Gaúcho busca uma caminhada com o mesmo destaque que conseguiu no Grêmio, quando ganhou Copa do Brasil, Libertadores e até mesmo uma estátua.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Fonte: https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2021/07/18/pelo-fla-renato-encara-o-bahia-clube-que-fez-o-tecnico-romper-fronteira.htm
Imagem: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário