terça-feira, 1 de junho de 2021

Arão relembra Jorge Jesus e diz que português abriu seus olhos para o jogo




Nos últimos dois anos e meio, o Flamengo conquistou nove títulos, igualando ao número de conquistas na ‘Era Zico’. Um dos personagens principais é Willian Arão. Isso porque, desde 2019, o jogador virou peça chave no elenco rubro-negro. Em recente entrevista, o camisa 5 fez uma retrospectiva das temporadas.




Arão chegou ao Flamengo em 2015 e viveu altos e baixos com o Manto Sagrado. No entanto, em 2019, quando Abel Braga ainda era o treinador, o volante ganhou espaço e, com a vinda de Jorge Jesus, se consolidou cada vez mais no time. Com o técnico português, o camisa 5 teve uma mudança de posição que foi crucial para o desenvolvimento.

– Abel teve um papel muito importante, porque chegou num momento em que muitas pessoas duvidavam de mim. Ele confiou muito no meu trabalho, disse que eu seria titular. Me deu muita confiança e liberdade para desempenhar meu papel, que naquela altura era de segundo volante. Infiltrar, chegar no ataque de surpresa – antes de completar:


- Depois veio o Mister e me deu uma outra função, de primeiro volante, mais organização de time, digamos assim. Mais funções táticas e defensivas, e me explicou muita coisa. Abriu os olhos para explicar o jogo de uma maneira que até então, eu não tinha enxergado. Essa mistura foi muito boa para mim, agradeço muito aos dois. Abel é paizão, Mister não tenho o que falar – finalizou ao Bem, Amigos!

Vale destacar que Arão se tornou também o ‘homem de confiança’ de Rogério Ceni. Isso porque, o volante de origem passou a atuar improvisado na zaga, a pedido do treinador, para suprir as necessidades defensivas do elenco rubro-negro. Desde janeiro de 2021, o camisa 5 atua como zagueiro e retornou poucas vezes ao meio campo.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Fonte: https://colunadofla.com/2021/06/arao-destrincha-trajetoria-no-flamengo-e-comenta-importancia-de-jorge-jesus-abriu-meus-olhos/
Imagem: Alexandre Vidal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário