sexta-feira, 11 de junho de 2021

Além de Gabigol, situação de Rodrigo Caio também incomoda e desgasta relação entre Flamengo e CBF




O caso envolvendo Gabigol, CBF e Flamengo acendeu alerta para outras divergências entre o clube e a entidade. O mais recente deles, é o de Rodrigo Caio. O Rubro-Negro entende que o atleta apresentou dores no joelho, nesta última convocação, por não ter recebido os devidos tratamentos preventivos recomendados pelo Rubro-Negro e, consequentemente, deixaram o defensor exposto ao problema – que é recorrente.



A situação de Gabigol e esta recente de Rodrigo Caio não são os únicos que envolvem insatisfação por parte do Flamengo com a CBF. No ano passado, em novembro de 2020, Pedro se lesionou durante treino com a Seleção Brasileira antes de partida pelas Eliminatórias. À época, o chefe do departamento médico do Fla, Márcio Tannure, contestou a informação divulgada pelo doutor Rodrigo Lasmar, da entidade.

– Essa questão da comunicação é muito importante. Eles notificaram que (o Pedro) teve uma lesão leve. Ele teve lesão grau 2, não é leve. Músculo adutor. Não teve lesão leve nisso -, afirmou durante coletiva concedida à época.



Vale ressaltar, também, que este não é o primeiro caso entre Flamengo e CBF envolvendo Rodrigo Caio. No ano passado, o zagueiro acumulou 13 partidas no departamento médico após retorno de compromissos com a Seleção – por lesões na panturrilha, desgaste muscular e edema ósseo no joelho.


- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Fonte: https://colunadofla.com/2021/06/alem-de-gabigol-situacao-de-rodrigo-caio-tambem-incomoda-e-desgasta-relacao-entre-flamengo-e-cbf/
Imagem: CBF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário