quinta-feira, 15 de abril de 2021

Minutos a menos, dinheiro a mais: entenda a divergência contratual entre Flamengo e Arrascaeta



Por Cahê Mota | GE: Um cabo de guerra disfarçado de jogo de paciência que vem de muito tempo e que tem colocado a diretoria do Flamengo em rota de colisão com Daniel Fonseca.

O impasse envolvendo uma possível renovação de contrato deixou o clima tenso nos bastidores do Ninho do Urubu nesta quinta-feira. Com uma entorse no tornozelo, Arrascaeta já tinha a presença no clássico com o Vasco em risco por conta do imbróglio e acabou vetado. Medida paliativa para acalmar o clima nos bastidores e deixar o uruguaio 100% visando a estreia da Libertadores, terça-feira, contra o Vélez, na Argentina.

Ex-atacante da seleção uruguaia, Fonseca comanda a carreira de Arrascaeta desde as categorias de base e intensificou contatos com o Flamengo no fim de 2020 colocar em prática uma cláusula que ao pé da letra não foi cumprida. O empresário cobra que o clube carioca compre os 12.5% dos direitos econômicos do jogador que ainda pertencem ao Defensor Sporting. Acordo previsto em contrato desde que o camisa 14 alcançasse uma meta. O que não aconteceu.



Caso Arrascaeta jogasse 4 mil minutos em 2019 e em 2020, o Flamengo se via obrigado a comprar 12.5% dos direitos econômicos que ainda pertencem ao Defensor Sporting. O combinado previa 6.25% em cada temporada, com pagamento até o dia 20 de fevereiro do ano seguinte, em parcela única de 1.25 milhões de euros. As informações do acordo foram divulgadas pela ESPN pouco após a contratação.

Minutos de Arrascaeta pelo Flamengo
2019 - 3.703 minutos em 52 jogos
2020 - 3.833 minutos em 50 jogos
2021 - 2622 minutos em 3 jogos

No total, o clube uruguaio receberia 2.5 mi de euros (R$ 16.8 mi na cotação atual). O Flamengo alega, porém, que o camisa 14 não atingiu a meta. Sendo assim, não há razão para executar as cláusulas. Em 2019, Arrascaeta somou 3.703 minutos em campo em 52 partidas, enquanto na temporada 2020 foram 3.833 em 50 aparições.

Fonseca alega que na reunião com a presença de Bruno Spindel, em Montevidéu, ficou combinado que o Flamengo compraria a parte dos uruguaios de qualquer maneira. Para o clube, por sua vez, vale o que está escrito.



Diante da performance de Arrascaeta, o clube carioca até entende como um investimento plausível, mas reforça para Fonseca que não há orçamento para tal no momento. Relatos de dirigentes indicam inúmeras tentativas de negociação por parte do uruguaio após a virada do ano, com contatos intensificados desde o final do Brasileirão.

O episódio desta quinta-feira foi visto no Ninho do Urubu como uma sinalização dos uruguaios de que estão no limite. Por outro lado, o Flamengo bate o pé de que está respaldado pelo contrato de duração até o fim de 2023 e acredita em pacificar a relação nos próximos dias.



Fonseca está no Brasil e a tendência é que converse diretamente com o presidente Rodolfo Landim em busca de soluções. As divergências nos últimos meses deixaram a relação com Bruno Spindel e Marcos Braz desgastada. Há confiança, porém, em uma trégua.

O tornozelo que já não preocupava tanto para o clássico com o Vasco preocupa menos ainda para a partida contra o Vélez. E o Flamengo aposta em panos quentes para que Arrascaeta siga à disposição normalmente para a estreia da Libertadores.



- // -

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Fonte: https://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/minutos-a-menos-dinheiro-a-mais-entenda-a-divergencia-contratual-entre-flamengo-e-arrascaeta.ghtml
Imagem: Marcelo Cortes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário