segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Análise: Erros individuais têm custado mais caro que rodízio de Dome em tropeços do Flamengo



Por Marcello Neves | O Globo: O torcedor do Flamengo que pegar o jornal do dia seguinte à derrota por 2 a 0 para o Ceará, no Castelão, associará o resultado aos desfalques. É normal. Foram seis ao todo, mas nem todos por causa do rodízio promovido pelo técnico Domènec Torrent. E é exatamente por isso que a análise da partida não pode ser focada apenas nisso. O resultado foi construído mais por erros defensivos que necessariamente pelas peças que estavam em campo.

Por opção, Domènec poupou apenas o lateral-esquerdo Filipe Luís, o zagueiro Rodrigo Caio e o meia Arrascaeta. Diego Alves ainda não testou negativo para a Covid-19, o volante Gerson estava suspenso e o atacante Bruno Henrique se recupera de lesão. Desses, apenas Rodrigo Caio poderia fazer com que a atuação do sistema defensivo rubro-negro fosse diferente.

Dome tem a ideia de preferir "vencer seus jogos por 4 a 3 do que por 1 a 0". Natural de quem prefere um futebol mais ofensivo e coloca a defesa a postos. Mas o catalão terá que equilibar o setor visando a partida contra o Independiente del Valle, na próxima quinta-feira, pela Libertadores. Rodrigo Caio retorna, mas quem será o substituto? Gustavo Henrique e Léo Pereira não passam confiança e não conseguem manter a regularidade ao lado do camisa 3.

Contra o Ceará, o gol de Luiz Otávio foi após uma cabeçada entre os dois zagueiros. O de Charles, o segundo, uma antecipação cruzando por ambos. Erros que custaram caro contra o Ceará. Felizmente, o Brasileiro é um torneio de pontos corridos e a derrota é possivel de ser recuperada. Felizmente também, Dome poderá corrigir os erros ainda na fase de grupos da Libertadores. Se fosse no mata-mata...

Nos últimos dez jogos disputados pelo Flamengo, foram 13 gols sofridos. Nenhuma estratégia ofensiva pode justificar sofrer uma média maior do que um gol por jogo, ainda mais com um elenco com tanta qualidade e opções como o do Rubro-Negro.

Sobre o ataque, as atuações de Michael e Vitinho são o resumo dos erros técnicos do setor e mostram como a atuação foi ruim. Ainda sim, Gabigol teve duas chances claras para marcar. As coisas no ataque caminham cada vez mais entrosadas. Dome terá que se preocupar é em encontrar soluções defensivas o mais rápido possível.

- // -

> Veja as últimas informações sobre o Mengão em nossa página principal, Clique Aqui



Fonte: https://oglobo.globo.com/esportes/analise-erros-individuais-tem-custado-mais-caro-que-rodizio-de-dome-em-tropecos-do-flamengo-24638465

CURTA NOSSA PÁGINA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário