sábado, 29 de fevereiro de 2020

Denunciado na Conmebol, Arão pode pegar mais de um jogo de suspensão pela Libertadores



O Flamengo venceu o Independiente Del Valle, do Equador, por 3 a 0, na última quarta-feira (26). O resultado deu o título da Recopa Sul-Americana ao Rubro-Negro carioca. Porém, o jogo poderia ter se complicado após a expulsão de Willian Arão, aos 21 minutos do primeiro tempo. O cartão vermelho não tirou o volante apenas do restante da final da Recopa, mas também da estreia do time na Libertadores da América.


O Rubro-Negro irá se esforçar, no entanto, para que o jogador não pegue uma suspensão ainda maior na Copa Conmebol Libertadores. Isso porque, a unidade disciplinar da Conmebol denunciou Willian Arão pela entrada, julgada como “jogo brusco grave” pelo argentino Fernando Rapallini, em Beder Caicedo, do Del Valle. A informação foi divulgada inicialmente pelo jornal Extra.

O Flamengo tem prazo para defender o meio-campista. O Rubro-Negro terá que enviar a defesa à unidade disciplinar até a próxima segunda-feira (02). A tentativa é de que o Tribunal Disciplinar da Conmebol não aplique mais jogos de suspensão a Willian Arão, fazendo com que ele pegue apenas a suspensão automática, que já será cumprida contra o Jr. Barranquilla, da Colômbia, na quarta-feira (04), pela estreia dos times na fase de grupos da Libertadores.

Antes disso, no entanto, o Flamengo mantém o foco na estreia da equipe na Taça Rio, contra a Cabofriense, neste sábado (29). O duelo será disputado no Maracanã e terá início às 18h (horário de Brasília). Jorge Jesus relacionou apenas dois titulares para o confronto: Willian Arão e Gabriel Barbosa. Com isso, o Mister irá escalar um time alternativo, já pensando no confronto com o Jr. Barranquilla, na quarta-feira (04).


Fonte: https://colunadofla.com/2020/02/arao-e-denunciado-na-conmebol-e-volante-pode-desfalcar-flamengo-por-mais-de-um-jogo-na-libertadores/

Curta nossa Página




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário